A1

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

Estudante entra com representação contra Processo Seletivo da Policlínica de Posse/GO



Uma estudante de direito protocolou na última terça-feira (18), representação no Ministério Público contra o processo seletivo realizado pelo Instituto Lagos Rios, responsável pela Policlínica da cidade de Posse, no nordeste goiano.

O processo seletivo é para compor o quadro de funcionários temporários da Policlínica.

A representação tem como objetivo esclarecer alguns pontos questionáveis sobre a realização do processo seletivo.

O Instituto Lagos Rios não divulga os resultados das provas escritas, deixando assim todos com uma pulga atrás da orelha. A falta de transparência está sendo uma das principais reclamações de todos que enviaram currículos.

Na representação, a estudante relata que faltou publicidade e transparência e que alguns princípios da administração pública foram feridos.

“Espero que o Ministério Público investigue, esclareça e demonstre à toda nossa população que o Processo Seletivo seguiu todas as regras e eu esteja equivocada”, disse a estudante.

A Policlínica será inaugurada no fim deste mês, com a presença do governador Ronaldo Caiado e do Presidente Jair Bolsonaro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário