sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020

Marinheiro relata resgate na água das duas vítimas de acidente com jet ski em São Domingos/GO



Na hora da colisão do jet ski com a pilastra da ponte, no lago de São Domingos, no nordeste goiano, que deixou duas pessoas gravemente feridas, duas pessoas de uma empresa de aluguel de jet ski foram os primeiros a chegar no local.

Uma delas é um marinheiro com vasta experiência.

“Na hora que eu vi, peguei o jet ski que eu estava e fui até o local, chegando lá encontrei as duas vítimas submersa a uns 60 Centímetros de baixo da água, ambos estavam desmaiados. Com minha experiência de marinheiro em socorrer vítimas desse tipo de acidente, analisei e vi que uma das vítimas estava saindo muito sangue da cabeça foi onde fiz o mergulho e consegui subir com ele para superfície”, disse o marinheiro.

“Ali mesmo comecei a fazer as manobras de trazer a vida dele, continuei preocupado com a outra vítima que ainda estava de baixo da água, neste momento um amigo meu chegou ao local e comecei a orientar ele para pular na água para buscar a vítima e tirar o rosto dele para fora da água”, continuou o marinheiro.

“Também orientei ele a fazer as manobras para que a vítima voltasse a respirar, tendo êxito. Logo após orientei que ele fosse para a traseira do meu jet ski e segurar a vítima sempre com a cabeça para fora da água e eu fui para o bico do jet ski e com a outra vítima comecei a remar com os pés levando em direção as margens, porque já se passava mais de 3 minutos. Em seguida os bombeiros chegaram e juntos conseguimos retirar as duas vítimas da água”, concluiu.

Nenhum comentário:

Postar um comentário