segunda-feira, 16 de março de 2020

Delegacias de Polícia Civil em Goiás suspendem atendimento presencial



As delegacias de Polícia Civil em Goiás suspenderam o atendimento presencial por 15 dias, conforme portaria assinada pelo delegado-geral, Odair José Soares, para evitar a dispersão do coronavírus.

A medida de segurança começa a valer a partir desta segunda-feira (16). Apenas os casos urgentes serão atendidos presencialmente por equipe policial. São eles:

Homicídio e feminicídio; Estupro; Sequestro e cárcere privado; Roubo; Furto de veículos; Autos de Prisão em Flagrante; Casos em que possa ocorrer o perecimento da prova, exigindo imediata intervenção policial; Outros casos, a critério da Autoridade Policial ou do dirigente do órgão, que sejam considerados hipóteses de emergência policial.

O documento recomenda que as delegacias mantenham a quantidade mínima de servidores, mediante estabelecimento de escala.

O atendimento ao público por meios virtuais, de ligação telefônica, e-mail ou aplicativo de mensagem instantânea deverá ser priorizado nas unidades administrativas da pasta, enquanto perdurarem as restrições especificadas neste ato

"As reuniões presenciais deverão ser evitadas, e, quando realizadas, deverão ser respeitadas as recomendações dos órgãos sanitários em relação à distância física entre os participantes e à utilização de álcool gel 70% antes e depois de realizadas", diz a portaria.

Fonte: Polícia Civil e G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário