quarta-feira, 4 de março de 2020

Estudantes da UEG Posse/GO fazem manifesto contra suspensão de vagas nos cursos de graduação



Estudantes da agora Unidade Universitária de Posse, no nordeste goiano, vinculada ao Câmpus Nordeste da Universidade Estadual de Goiás (UEG) – novas nomenclaturas dadas pela reforma administrativa (LEI Nº 20.748, DE 17 DE JANEIRO DE 2020) -, fazem manifesto contra a suspensão de vagas nos cursos de graduação ofertados na cidade de Posse.

A comunidade universitária considera um retrocesso sem precedentes as alterações no formato do Vestibular UEG 2020/1 que impôs severas restrições no acesso ao ensino superior para estudantes de uma das regiões menos desenvolvidas do Estado de Goiás.

Dos 4 cursos de graduação ofertados pela UEG em Posse, Agronomia, Letras, Matemática e Sistemas de Informação, apenas o curso de Letras formou turma, de acordo com o novo formato do certame.

Confira abaixo a íntegra do manifesto:

"Esse ano fazem exatamente 21 anos que me tornei o sonho realizado de alguém que sempre acreditou que o mundo poderia ser diferente através da educação de jovens que também sonham em fazer a diferença.

Durante essa jornada eu me tornei parte da história de muitos jovens, senti o impacto dos choros no banheiro, das intrigas na sala, dos sorrisos trocados no intervalo, dos desesperos na semana de provas e acima de tudo a perseverança de cada um.

Vi pais se formando, lutando por um futuro melhor de seus filhos, depois me tornei parte de uma geração de filhos e filhos, hoje vejo tantos formandos e ensinando o que aprenderam em outras salas de aula, outros exercitando sua profissão em laboratórios e fazendas. A semente foi plantada há muito tempo, ela deu lindos frutos que nos fizeram ter esperança de que futuramente teríamos uma colheita ainda melhor. Hoje, estão me destruindo aos poucos, vejo salas sendo fechadas, professores que estudaram nas mesmas salas que deram aula sendo demitidos, funcionários que me ajudaram a ser o que sou hoje se indo e consequentemente alunos perdendo a esperança. Não compreendo o que estão fazendo, eu que tanto ajudei a formá-los, querem me fechar!

Esse ano não haverá sonhos se realizando, não irei ver o choro de felicidade por ter ingressado na Universidade Pública, hoje eu choro por eles, pela geração que não vai ver o que tantos viram aqui.

Somos uma família, se um se desestrutura, o restante também! Hoje somos nós que “fechamos” as portas, amanhã essa realidade poderá ser a da sua Universidade. E por sermos um, venho através deste pedir o apoio da população e da classe política, pois o futuro desses jovens sonhadores dependem das implementações, das ações supracitadas e do apoio de cada um da nossa sociedade!

Fechar nossos cursos, não nos deixara calado!

Somos Agro, Somos Tecnólogos! Somos Matemáticos! Somos Sistemas! Somos todos UEG!

Autoras: TRINDADE, Laila Jordana Macedo. QUEIROZ, Shaienne Karolayne Ferreira Queiroz"

Fonte: UEG Posse

Nenhum comentário:

Postar um comentário