domingo, 15 de março de 2020

Governador Ronaldo Caiado acredita que Programa Mais Turismo pode erguer economia de cidades do Nordeste Goiano



Na manhã da última terça-feira (10) o governador do Estado de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM) lançou o Programa Mais Turismo. A solenidade ocorreu no Palácio Pedro Ludovico Teixeira e contou com a presença de autoridades, como o secretário estadual do turismo Fabrício Amaral, além de integrantes do Trade Turístico.

O programa irá incluir 79 municípios das 10 regiões do Estado em emendas parlamentares, o caminho de Cora Coralina será beneficiado com recursos provindos do Ministério do Turismo e encontros regionais de qualificação. Para o governador Ronaldo Caiado, o programa poderá ajudar no crescimento de regiões mais carentes, como o Norderste Goiano.

“É uma forma rápida de se fazer chegar investimento na região e melhorar a renda per capita. É o lado onde as pessoas que estão ali vão sentir essa perspectiva, se motivam a fazer cursos, no sentido de se formar para tratar cada dia melhor o turista, dar melhor atendimento, sem mudar seu estilo, mas com mais profissionalização dando a Goiás aquilo que é característica nossa, a receptividade. O goiano tem a qualidade de receber bem as pessoas. Nosso estado é acolhedor”, disse. “Mas com a infraestrutura mínima que é dada ao cidadão. Porque o turista não pode chegar e não ter condição de se comunicar, um aposento em condições mínimas, qualidade, alimentação. Isso sendo organizado, tenho certeza que será uma das formas mais importantes de enfrentarmos as desigualdades regionais.”

Para o governador, a iniciativa não está fechada aos 79 municípios. “Cada cidade tem também sua capacidade de ver qual é sua vertente na área do turismo. Indiscutivelmente pode ser também incluída, não é um número fechado. 246 municípios e cada um pode buscar amanhã sua forma de atuação”, afirmou o governador.

“Vocês viram que na relação que fiz, lá pelas tantas cometi uma falha, eu não citei o turismo da moda, o que é hoje um grande turismo. Não citei também o turismo religioso, que é também outra fonte importante para o estado de Goiás e várias outras que vão surgir e nosso chefe do turismo, o doutor Fabrício [Amaral], que tem muita sensibilidade, tem conhecimento e, ao mesmo tempo, tem também humildade em ajudar o estado todo como ajuda todo dia para buscar cada vez mais emendas para nós.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário