terça-feira, 10 de março de 2020

Policiais Militares resgatam família vítima de enchente em Campos Belos/GO. Teto chegou a desabar





Militares da Polícia Militar (PM) fizeram o resgate de uma família, vítima de uma forte e perigosa enchente, que castigou a cidade de Campos Belos, no nordeste goiano, na tarde desta terça-feira (10).

Segundo o Boletim de Ocorrência (BO), por volta das 14h30, a equipe do GPT (Grupo de Patrulhamento Tático), formada pelo Cabo Falcão, Cabo Bispo, soldado Moura e Soldado Thiago, encontrava-se realizando patrulhamento preventivo ostensivo no Setor Industrial.

Quando os militares se depararam com várias pessoas, em evidente choque emocional, onde pediam, desesperadamente, à equipe que ajudasse remover vizinhos que se encontravam em uma residência próxima, tomada pelas águas da chuva.

As pessoas presas pelas águas não foram capazes de deixar a residência, correndo o risco de serem soterradas pelo imóvel, se desabasse, ou serem acometidas de afogamento.

A equipe prontamente atendeu ao chamado de solidariedade e foi ao encontro dos moradores que precisavam de ajuda.

O grande volume de água no local tornou o cenário caótico e extremamente perigoso para a incolumidade física das vítimas e também dos PMs.

No interior da residência, segundo o relato, os policiais militares ouviram a mãe de uma criança, desesperada, pedindo ajuda para que retirassem seu filho de dentro da casa.

Em um dos quartos, foi encontrado o pequeno Heitor Marques de Araújo, de apenas 7 anos, que foi conduzido para fora do prédio e colocado dentro da viatura do GPT.

Como o nível da água já havia atingido mais de um metro de altura e os movimentos da água de um córrego perto da casa causavam fortes ondulações, o resgate foi tido pelos militares como muito delicado.

A moradora Valdivanea Marques da Silva e mãe da crianças foi encontrada, em desespero, na sala e levada para fora de casa.

Os militares também tiveram que retornar ao local pela última vez, a fim de convencer o morador a deixar sua propriedade.

"No entanto, ele tinha medo de perder sua propriedade e estava perfurando com uma lança parede da área de churrasqueira e serviço para aumentar o fluxo de água que ali havia", disse um dos PM que ajudou no socorro.

Desabamento

No momento em que o morador estava sendo conscientizado de deixar a área coberta de sua varanda juntamente com a equipe, a coluna de suporte do telhado desabou, o que causou uma situação de grande tensão e preocupação.

Os socorristas, por pouco, não foram atingidos pela coluna de concreto, disse um dos militares.

"A coluna estava cheia de fragmentos do telhado, fato que provavelmente tinham tirado a vida pelo peso significativo das colunas de sustentação de concreto armado e centenas de telhas de cimento que chocaram contra a superfície violentamente", anotou um dos militares.

O comandante da PM em Campos Belos, Major Berquo, emitiu, no início da noite, um elogio público aos militares do GPT participantes da equipe de salvamento.

"Sabe o que significa quando um policial no momento da conclusão da sua formação se coloca em posição de sentido em frente ao pavilhão nacional, estende sua mão direita e jura defender a sociedade mesmo com risco da sua própria vida?

Não sabe?

Então assiste a esse vídeo.

Parabéns a esses heróis anônimos que não medem esforços para a defesa da sociedade. Nossa humilde continência, respeito e admiração," elogiou o comandante.

Fonte: Dinomar Miranda

Nenhum comentário:

Postar um comentário