quarta-feira, 15 de abril de 2020

Goinfra vai selecionar 47 temporários com salários de até R$ 4,6 mil para reforma do HDT



A Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra) lançou um edital nesta quarta-feira (15) para contratar 47 profissionais temporários que atuarão na ampliação e reforma do Hospital de Doenças Trocipais (HDT), em Goiânia.

Segundo o documento, o objetivo é atender pacientes com sintomas de infecção pelo coronavírus, mas eles também devem trabalhar na manutenção da malha rodoviária do estado.

O processo seletivo é considerado de “caráter emergencial” e deve selecionar 47 profissionais com salários de até R$ 4,6 mil. A carga horária é de 40 horas semanais.

As inscrições podem ser feitas até as 10h do dia 21 de abril. O documento detalha que até o fim deste mês os selecionados já devem ser convocados para o trabalho, que deve durar seis meses. Estão sendo escolhidos:

Engenheiros civis;
Técnicos em engenharia civil;
Engenheiros eletricistas;
Engenheiros mecânicos;
Arquitetos.

Também previsto do DOE, os profissionais devem ser contratados com base em processo seletivo simplificado. Por meio do método, os candidatos deverão apresentar comprovação de escolaridade e experiência, quando exigido.

Plano de contingenciamento

A liberação para a realização destas contratações foi dada por meio de decreto publicado no mesmo suplemento do Diário Oficial do Estado (DOE) em que foi instaurado o plano de contenção de gastos do governo por causa da pandemia do coronavírus, na última segunda-feira (13).

Entre as exigências do plano de contingenciamento estão a proibição de contratações de temporários, início de obras, compras de passagens aéreas, entre outras restrições. No entanto, as exceções são as medidas relacionadas ao combate à Covid-19. Por isto, foi publicado o edital da Goinfra.

Segundo o mesmo edital, além de ser necessário contratar os profissionais por causa da obra, outra justificativa apresentada é que a média de idade dos atuais servidores da Goinfra é de 60 anos, “tornando-se necessária a adoção do isolamento residencial e teletrabalho”. Por causa desses afastamentos, os temporários também devem atuar na manutenção das rodovias.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário