quarta-feira, 29 de abril de 2020

Ronaldo Caiado destina R$ 351 milhões para hospitais de campanha em Goiás



O Governador Ronaldo Caiado enviou à Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), nesta quarta-feira (29), um projeto de lei que remaneja R$ 351 milhões para que a Secretaria da Saúde possa avançar no aparelhamento de nove hospitais de campanha no combate a Covid-19, na capital e em municípios do interior.

“Nós não temos medido esforços para combater essa doença”, enfatizou o governador durante live diária que contou com a presença dos secretários Ismael Alexandrino (Saúde) e Adriano da Rocha Lima (Desenvolvimento e Inovação).

No projeto enviado a Alego, fica autorizada a abertura de quatro créditos extraordinários no valor de R$ 351.588.281,72. Os recursos estão de acordo com a lei que prevê o remanejamento de verbas em casos de despesas urgentes e imprevistos motivados por calamidade pública.

O dinheiro vai equipar hospitais e pagar profissionais de saúde nos municípios de: Itumbiara, Luziânia, Jataí, Formosa, São Luís dos Montes Belos, Águas Lindas, Anápolis, Goiânia e Porangatu. O projeto de lei enviado à Assembleia Legislativa deve ser votado em caráter de urgência.

Durante a live, o governador afirmou também que, nesta quinta-feira, participará de videoconferência com representantes do Ministério da Saúde e da Casa Civil para tratar do aparelhamento do Hospital de Campanha de Águas Lindas, que teve suas obras concluídas pelo Ministério da Infraestrutura. O Ministério da Saúde deve assumir e começar a equipá-lo para que a gestão seja entregue ao Governo de Goiás.

“Já enviamos ofício para o Ministério da Saúde solicitando a compra de equipamentos. Em paralelo, nós estamos comprando 350 ventiladores, camas e outros materiais. E estamos fazendo uma ata para a compra de mais mil. Hoje, nós temos em torno de 170 leitos de UTI e mais ou menos 800 leitos de enfermaria. Com os hospitais equipados teremos mais mil leitos”, afirmou Ismael Alexandrino.

Central de Orientações

O governador anunciou também, durante a live, uma nova ferramenta de atendimento a pacientes com suspeita da Covid-19. Eles poderão ser atendidos por chat online ou telefone durante o período de isolamento social. O chatbot recebeu o nome de Vitória e a alternativa foi desenvolvida pela Secretarias de Estado da Saúde (SES) e de Desenvolvimento e Inovação (Sedi).

“É uma ferramenta do nosso tempo, moderna. Essa Central surgiu no momento da crise e vai ficar como um legado, da mesma forma que hospitais como de Luziânia e Itumbiara, estruturas que estavam fechadas vão fortalecer a regionalização da saúde”, declarou Ismael.

A Central de Orientações (CORI) vai funcionar diariamente das 7h às 19h. No chatbot Vitória ou pelo telefone, 85 profissionais de saúde vão prestar atendimento na plataforma, por meio do número 3201-9300 ou pelo chatbot que está disponível no hotsite www.saude.go.gov.br/coronavirus.

Responsável pela parte de tecnologia da nova ferramenta, o titular da Sedi explica que, ao acessar o hotsite, o cidadão tem acesso ao link do chatbot, e deve responder algumas perguntas. “Dependendo das respostas, você vai ser encaminhado a uma outra conversa com um profissional de saúde. Esse atendimento é importante para não expor a pessoa ao risco de sair de casa”, destaca Adriano da Rocha Lima.

A Telemedicina saiu do campo das discussões científicas e filosóficas e se tornou a melhor saída para tratar aqueles que estão em casa e evitar que se contaminem em filas de hospitais ou em salas de espera de consultórios e clínicas. “Ficar em casa tem sido a melhor proteção contra a propagação do vírus. O isolamento social é a melhor arma para combater o coronavírus”, enfatizou Caiado.

A live com a presença do governador Ronaldo Caiado é transmitida de segunda a sexta, a partir das 17h, pelos veículos da Agência Brasil Central e parceiros.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário