A1

segunda-feira, 11 de maio de 2020

Aurora-TO: Morador com coronavírus se recusa a ficar em isolamento e ameaça infectar outras pessoas: ‘Morrer só eu não vou. Eu levo logo um bocado comigo’



Um homem de 45 anos que testou positivo para o novo coronavírus está aterrorizando moradores de Aurora do Tocantins, no sudeste do estado, por não cumprir as medidas de isolamento.

Ele deveria ficar 21 dias distante de outras pessoas, mas se recusa a cumprir a quarentena e enviou áudios por WhatsApp em que trata com desdém da situação.

'Eu, pra mim, tanto faz morrer como não. Morrer só eu não vou. Eu levo logo um bocado comigo para a baixa da égua. Vai tudo pros inferno afora [SIC]', diz ele em uma das mensagens.

'Eu discuti com todo mundo, com polícia, o que vier, com saúde. Vai tudo pros infernos[SIC]', afirma em outro.

O caso chegou ao conhecimento do Ministério Público Estadual, que conseguiu uma ordem judicial para o isolamento obrigatório do paciente. A multa diária caso ele descumpra a medida é de R$ 10 mil por dia até o limite de R$ 500 mil. Todo o dinheiro será revertido para as ações de prevenção contra a doença.

Se descumprir ele também vai responder criminalmente pela desobediência da medida sanitária e por colocar a vida de outras pessoas em risco. Somadas, as penas podem chegar a cinco anos de prisão.

A decisão é do juiz Alan Ide Ribeiro e foi tomada no final da tarde desta segunda-feira (11). Ele lembrou que a cidade tem problemas no sistema de saúde e não tem estrutura adequada para um grande número de pacientes.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário