A1

sexta-feira, 19 de junho de 2020

Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus encerra ciclo por assentamentos rurais com 16 mil famílias beneficiadas em Flores de Goiás, Posse, Guarani de Goiás, Nova Roma, Divinópolis, São Domingos e outros



Ação contemplou 256 toneladas de cestas básicas, 287 assentamentos e acampamentos em 91 municípios pelo Goiás, durante 50 dias, num esforço conjunto para garantir que o alimento chegasse a famílias em vulnerabilidade social, durante a pandemia de Covid-19

Dezesseis mil famílias, 256 toneladas de cestas básicas, 287 assentamentos e acampamentos em 91 municípios pelo Goiás, durante 50 dias. Este é o saldo de uma jornada vitoriosa de solidariedade, predominantemente pelo Norte e Nordeste do Estado, cumprida com êxito pela Organização das Voluntárias de Goiás (OVG), sob a coordenação da presidente de honra da entidade, primeira-dama Gracinha Caiado, que coordena ainda o Gabinete de Políticas Sociais.

A nobre missão de garantir que o alimento chegasse a quem realmente precisa teve o desfecho da primeira etapa, nesta quinta-feira (18/6), com a entrega de cestas básicas da Campanha de Combate à Propagação do Coronavírus nos projetos de assentamento Salto para o Futuro e São Paulo, em Niquelândia, onde só hoje foram beneficiadas um total de 85 famílias.

“Quem tem fome, tem pressa. Quem tem frio, tem pressa. E hoje, simbolicamente, estamos mostrando que entregamos em todos os assentamentos que estão em maior vulnerabilidade no Estado”, afirmou Gracinha Caiado. Tudo teve início exatamente naquele que é considerado primeiro assentamento do Estado, o PA Mosquito, na cidade de Goiás, no dia 29 de abril. De lá pra cá, as comitivas também passaram por cidades como Itaberaí, Flores de Goiás, Posse, Guarani de Goiás, Nova Roma, Divinópolis, São Domingos, São Miguel do Araguaia, Cocalzinho de Goiás, Abadiânia, Colinas do Sul, Planaltina de Goiás, Vila Boa, Padre Bernardo e Bonópolis, entre outras.

“Aqui, em Niquelândia, cumprimos nosso propósito de consolidarmos essa proposta de trabalho de entrega de cestas básicas em assentamentos e acampamentos de produtores rurais. O intuito foi levar esse benefício do Governo de Goiás a todos. Um trabalho que o Estado tem feito nos 246 municípios e, a partir de um levantamento elaborado pela Emater, nós passamos a fazer a entrega às famílias nos assentamentos, para fazer com que o alimento não faltasse àqueles que são os que mais necessitam, num momento como este de pandemia da Covid-19”, relatou o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Carlos de Souza Lima Neto.

O presidente da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater), Pedro Leonardo Rezende, enfatizou a relevância do trabalho, que foi fruto de um somatório de forças entre a OVG, Emater, Secretaria de Agricultura e Forças de Segurança. “Esta entrega aqui hoje foi simbólica. Nosso objetivo foi, além de trazer o auxílio, conhecer um pouco a realidade destas pessoas. Para nós, foi um privilégio, pois estas famílias são nosso público prioritário. E é a demonstração da preocupação que o Governo de Goiás tem não apenas com os grandes produtores, mas com os pequenos também, que contribuem sobremaneira com o Governo do Estado”, completou.

A dona Maria Luzia Batista era pura gratidão. A moradora do assentamento Salto para o Futuro disse que, ao saber da visita da primeira-dama, todo mundo fez questão de levantar cedo para recepcionar Gracinha Caiado. “Ficamos felizes com esta oportunidade. Às vezes parece alguém tão distante, que a gente só vê pela televisão. Mas falaram que ela se lembrou de nós, que iria trazer cestas para cá. É muito importante quando alguém se lembra de nós, porque é uma região distante, de difícil acesso. A gente emociona”, disse. “Espero que isso aconteça mais vezes”, completou dona Maria.

Representante da associação de moradores do PA São Vicente, onde reside há 20 anos, em Flores de Goiás, José Nóbrega, também não conteve a satisfação. “Quero agradecer ao governador por essa atitude com os parceiros e espero que seja assim em outros momentos para ajudar a gente.” Na ocasião, foram entregues 545 cestas básicas.

Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário