terça-feira, 9 de junho de 2020

Foragido por homicídio em Alto Paraíso de Goiás é preso no IML após ir ao local liberar o corpo do irmão assassinado, em Jataí



Um foragido da Justiça por homicídio foi preso no Instituto Médico Legal (IML) de Jataí, no sudoeste de Goiás, após ir ao local para liberar o corpo do irmão, que foi assassinado.

Os nomes dos dois não foram divulgados. O detido, que era procurado há seis anos, ainda não tem advogado.

De acordo com a Polícia Civil, a vítima foi assassinada na última quarta-feira (3). A suspeita é relação com tráfico de drogas. A corporação passou a investigar o caso, mas não localizou nenhum parente do homem na cidade para liberar o corpo.

"Então verificamos no sistema e descobrimos um irmão dele morando em Niquelândia [no norte do estado], avisamos sobre a morte e pedimos que ele viesse fazer a liberação do corpo", disse o delegado Agnaldo Coelho, responsável pelo caso.

O delegado disse que é de praxe verificar nesses casos se há algo na Justiça contra o ente da vítima. Foi quando descobriu-se que havia contra o irmão dela um mandado de prisão por condenação definitiva por homicídio, datado de 2014.

Coelho disse que o crime ocorreu em 2001, em Alto Paraíso de Goiás, também no norte do estado. Após fazer a liberação do corpo, o foragido foi detido ainda no IML.

Sobre a morte ocorrida em Jataí, Coelho afirmou que apura o caso e que já começou a ouvir as testemunhas, mas ainda não tem definição sobre a autoria.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário