quarta-feira, 24 de junho de 2020

Médico natural de Taguatinga-TO de 33 anos morre de Covid-19 em Curitiba



O médico tocantinense Caio Martins Guedes, 33 anos, morreu na manhã de segunda-feira, 22, no Paraná, após se infectar com o novo coronavírus e enfrentar 12 dias de internação no Hospital Pilar, em Curitiba.

Formado em Medicina pela Universidade Presidente Antônio Carlos (Unipac), em Araguari, Minas Gerais, em 2014, Caio é tocantinense de Taguatinga, sudeste do Estado, filho de Carlos e Sizineide Guedes, a Nedinha, professora pioneira no Tocantins e ainda atuante na Diretoria Regional de Educação, em Palmas.

Após se formar na Unipac,  atuou como médico nos municípios de Itauçu e Uruana, em Goiás, com atendimento no pronto atendimento e atenção básica. Guedes prestou exames para residência em ortopedia na UFT, mas acabou optando pelo Hospital Angelina Caron, de Campina Grande do Sul (PR).

Segundo o Tribuna do Paraná, ele cumpria plantão em instituição de saúde em Bocaiuva do Sul, na Região Metropolitana de Curitiba.

Segundo o site, o Hospital Pilar afirmou em nota, que o médico estava internado na UTI e o hospital toma todas as medidas cabíveis para conter o avanço da doença, respeitando os protocolos estabelecidos pelo Ministério da Saúde.

Fonte: Jornal do Tocantins

Nenhum comentário:

Postar um comentário