A1

sexta-feira, 3 de julho de 2020

Ao lado do fórum de Alto Paraíso de Goiás, área de preservação é alvo de grilagem



Quase um mês depois de o Governo de Goiás realizar uma operação para conter o desmatamento e mineração irregular na Chapada dos Veadeiros, o Ministério Público Estadual passa a investigar notícia-crime sobre uma quadrilha especializada em esquemas de grilagem de terra com atuação no município de Alto Paraíso de Goiás, porta de entrada do Parque Nacional.

O alvo dos criminosos é dentro da Fazenda Veadeiros, que fica a pouco mais de 500 metros do Fórum municipal e que está dentro de uma grande área de preservação ambiental.

A sede de grileiros pela região fez com que o governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), anunciasse nos últimos dias a criação de parque protegido na região, que vive sob pressão de invasores e criminosos ambientais.

A investigação apura a realização, durante a pandemia do novo coronavírus, da venda ilegal de lotes, parcelados sem registros e que tem a titularidade oficial de Helena Szervinsk, viúva do advogado Salomão H. Szervinsk, proprietário de vários hectares na região. O autor do pedido é o também advogado Leandro Herculano Szervinsk, filho do falecido proprietário.



Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário:

Postar um comentário