sábado, 5 de setembro de 2020

Investigação de Iso Moreira pode beneficiar deputado Paulo Trabalho no Nordeste Goiano


O nordeste goiano tem dois representantes na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), que se destacam: o deputado estadual Paulo Trabalho (PSL) e Iso Moreira (DEM). O democrata foi alvo da Operação Zaratustra, o que, nos bastidores políticos, é visto como positivo para Paulo na briga por bases eleitorais da região.

No último pleito, em cidades como Posse e Alvorada do Norte, Paulo registrou 4.459 e 201, respectivamente, tendo um total de 16.957 votos em todo o Estado. Iso, por sua vez – nas mesmas cidades – 1.163 e 1.909, mas o montante de confirmações nas urnas foi de 24.963.

A reportagem apurou, contudo, que Paulo não utiliza esse acontecimento para política. Porém, ele tem acompanhado de perto todos os desdobramentos da operação.

Paulo Trabalho

Paulo confirmou que tem acompanhado os desdobramentos da Operação pela imprensa. Questionado sobre os possíveis impactos nas bases eleitorais dele, com essa ação, ele diz que não fez nenhuma avaliação desse tipo. “Não quero tirar proveito dessa situação para fazer crescer o meu nome”, garante.

Paulo também prefere não fazer julgamento, mas declara que é “sempre ruim ver um político possivelmente envolvido em algo irregular. Acaba manchando a classe”. De acordo com ele, a classe política está em desprestígio há algum tempo e a população acaba colocando todos no “mesmo saco”.

“Mas houve uma renovação nas últimas eleições e essas investigações contribuem para limpar a política. Aos poucos, vamos resgatar a imagem do bom político”, acredita. Ainda sobre as investigações, ele diz que, caso as ilicitudes sejam comprovadas, será “bastante lamentável para o Estado e para o Nordeste goiano”.

Fonte: Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário