sábado, 26 de setembro de 2020

Mandioca para cerveja é fonte de renda


O Governo de Goiás anunciou que vai comprar 750 toneladas de fécula de mandioca de 73 agricultores, de 19 municípios do Nordeste goiano. O projeto cerveja regional busca fomentar a renda dos produtores. A produção da bebida será feita pela AmBev na fábrica de Anápolis e a empresa pretende adquirir cerca de 750 toneladas do alimento até o final de 2020.

Os municípios já cadastrados são Cavalcante, Flores de Goiás, Posse, Buritinópolis, Alto Paraíso de Goiás, Teresina de Goiás e Simolândia. Uma equipe da Emater realiza nos próximos dias um levantamento da oferta de mandioca em propriedades de agricultores de Alvorada do Norte, Campos Belos, Damianópolis, Divinópolis de Goiás, Guarani de Goiás, Iaciara, Mambaí, Monte Alegre de Goiás, Nova Roma, São Domingos, São João d’Aliança e Sítio d’Abadia.

Para o presidente da Emater, Pedro Leonardo de Paula Rezende, a aquisição dos produtos da agricultura familiar pela Ambev resolve um dos grandes entraves, que é a questão da comercialização. “Muitas vezes os produtores têm o conhecimento prático, a expertise para produzir, mas têm dificuldade no momento de vender os seus produtos”, destaca.

A equipe de técnicos da Emater contribui com o projeto realizando o cadastramento dos produtores, o mapeamento das áreas com potencial para fornecer esses produtos, acompanhamento de todo o processo produtivo.

Texto: Agrolink

Nenhum comentário:

Postar um comentário