domingo, 11 de outubro de 2020

Chuva ajuda a acabar com focos de incêndio na Chapada dos Veadeiros, mas risco de fogo ainda é crítico, dizem bombeiros


Após ações de combate noturnas e a ajuda da chuva, a maioria dos focos do incêndio na Chapada dos Veadeiros foi extinta, segundo informou o Corpo de Bombeiros no sábado (10). No entanto, a corporação disse que permanece no combate às chamas remanescentes, e alerta para o risco de fogo para região, que ainda é crítico.

Nesta manhã, o Ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, compareceu à região para manifestar apoio e acompanhar as ações desenvolvidas para extinção do incêndio. O incêndio, que castiga a Chapada dos Veadeiros há quase duas semanas, já consumiu 67 mil hectares de vegetação.

Os bombeiros que estão trabalhando no combate ao incêndio da Chapada dos Veadeiros informaram que choveu, em Alto Paraíso, na tarde de sexta-feira (9). De acordo com o Tenente Araújo, que atua no local, os pingos foram tímidos, mas ajudaram a mudar o clima. Segundo registros do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), choveu 1,2mm em Alto Paraiso, e a mesma quantidade em Caiapônia. Já em São Simão, foram apenas 0,2 mm de chuva.

Conforme a corporação, a maioria dos focos foram extintos, tanto no Parque Nacional quanto nas suas imediações, na Área de Proteção Ambiental Pouso Alto. No Setor Serra do Ministro, permanecem ações de controle de alguns focos remanescentes.

Os bombeiros ressaltaram que o risco de fogo para região ainda é crítico e, por isso, as equipes permanecem mobilizadas no local.

Dos 67 mil hectares destruídos, 22 mil são no interior do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros, o que corresponde a 9% de sua área total. Já 51 mil são na APA Pouso Alto, o que corresponde a aproximadamente 6% da Unidade de Conservação.

No sábado, 123 profissionais atuam na Chapada dos Veadeiros, entre bombeiros, brigadistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Polícia Militar, Prefeitura de Alto Paraíso, profissionais de outras áreas e voluntários. São usados 23 veículos e 5 aeronaves, sendo 4 aviões de combate aéreo e 01 helicóptero.

O parque permanece aberto para visitação, inclusive no feriado de segunda-feira (12), quando a entrada será permitida das 07h às 18h00.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário