terça-feira, 13 de outubro de 2020

Em entrevista a rádio Rural FM de Alto Paraiso e São João D’Aliança-GO, o secretário de Governo, Ernesto Roller, ressaltou importância das ações de retomada econômica no estado


Em entrevista a rádio do nordeste goiano, o secretário do Governo, Ernesto Roller, ressaltou importância das ações de retomada econômica no estado

“O Governo de Goiás está focado na geração de empregos, na atração de investimentos e na melhoria da condição econômica dos goianos.” Com essa frase, o secretário do Governo, Ernesto Roller, resumiu à população do nordeste goiano o objetivo das ações de retomada econômica em andamento no estado. Por causa da pandemia de coronavírus, o assunto foi um dos destaques na entrevista concedida a Lineu Garcia, da Rádio Rural, de São João da Aliança e Alto Paraíso de Goiás, na última semana.

Embora o setor produtivo de todo o país tenha sido atingido, em maior ou menor grau, Roller acredita que o ano de 2021 será de superação. Isso porque várias medidas foram adotadas para dar novo fôlego aos empreeendedores, como a liberação de linhas de crédito, o investimento em qualificação profissional e a criação de um novo modelo de incentivos fiscais, que vai benficiar as regiões mais vulneráveis. “Isso significa dizer que a expectativa é de que em 2021, por mais desafiador que o ano seja, consigamos superar as dificuldades e a população possa voltar ao seu ritmo de vida normal”.

Ao mesmo tempo, as políticas sociais tem sido fortalecidas, por meio de iniciativas das Secretarias da Retomada, Saúde, Segurança e Educação. Ao apresentador Lineu Garcia, o secretário explicou que essas áreas estão diretamente ligadas à qualidade de vida das pessoas: “A área da educação é um dever do Estado e um direito do cidadão, mas, além disso, uma ferramenta para a construção de um futuro melhor. Por isso, estamos repassando em dia as parcelas do transporte escolar, do auxílio-merenda e anunciamos R$ 114 milhões para reforma de escolas. Estamos em primeiro lugar no IDEB, o que é um orgulho e um estimulo para continuar”.

Em relação ao enfretamento da COVID-19, a regionalização do atendimento de saúde foi considerada como fator primordial para que Goiás conseguisse atravessar o período crítico sem o colapso do SUS. “Na região nordeste, por exemplo, o cidadão tinha que andar 700 quilômetros para chegar a um leito de UTI. Agora, existe mais que o dobro de leitos para receber os cidadãos. E toda essa estrutura vai continuar e vai receber mais investimentos, a exemplo dos hospitais de Luziânia, Formosa, São Luís de Montes Belos, Itumbiara e Porangatu. A saúde é uma prioridade do governador Ronaldo Caiado” garantiu Roller.

Números - Este ano, mesmo com as dificuldades trazidas pela pandemia, o Governo de Goiás assinou protocolos com 90 empresas, que vão investir R$ 4,1 bilhões e gerar 40 mil empregos no estado. Somando os protocolos de intenções assinados em 2019 e em 2020, já são 159 novas empresas. Aquelas que já estão no mercado receberam mais de R$ 50 milhões em crédito e possuem condições facilitadas para renogociação de débitos, entre outras medidas.

Comunicação Setorial da Segov

Nenhum comentário:

Postar um comentário