terça-feira, 6 de outubro de 2020

Governo federal investirá mais R$ 420 milhões em Goiás até dezembro


Durante evento que levou energia elétrica para oito assentamentos em Flores de Goiás, no Nordeste goiano, nesta terça-feira (06/10), o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, anunciou ao governador Ronaldo Caiado que a União investirá mais R$ 420 milhões no Estado até o final deste ano.

“Governador, eu queria dizer que o presidente Bolsonaro continua ao seu lado. Faremos um leilão de linhas de transmissão agora em dezembro e serão R$ 420 milhões investidos aqui em Goiás, gerando emprego e renda”, garantiu Albuquerque. Na solenidade, 800 famílias foram contempladas com rede elétrica. A obra, que demandou R$ 22,7 milhões, é resultado de parceria firmada entre governos federal, estadual e a Enel Distribuição.   

“Temos ações direcionadas com o apoio do governo federal, com uma verba específica do Ministério de Minas e Energia, destinada a Enel para levar eletricidade para todas as regiões carentes de Goiás”, asseverou Caiado, ao citar o que o serviço tem sido feito em municípios como Cavalcante, Formosa e Flores de Goiás. “Não podemos governar para aqueles que têm melhores condições de vida. O evento de hoje tem um significado ímpar na vida dessas pessoas”, pontuou.

Como exemplo de iniciativas planejadas e bem concatenadas, Caiado falou sobre a parceria que se materializa com o Palácio do Planalto em diversas áreas, voltada para o bem da comunidade. Além da rede elétrica para as 800 famílias, o governador disse que outra medida, muito em breve, beneficiará também os assentamentos rurais, num trabalho a ser desenvolvido em conjunto com o Ministério da Agricultura e Abastecimento (Mapa).

“Um sonho meu é ver os assentamentos emancipados. Vocês vão ser proprietários do seu quinhão de terra. O governo federal já mandou o Incra [Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária] trabalhar 24h nesse assunto, levantando as áreas, regularizando. O que é área do governo do Estado, eu tenho pedido para nós avançarmos na entrega de títulos e escrituras para as pessoas”, ressaltou Caiado.

O resultado das parcerias com outros entes, Poderes e com a iniciativa privada, focado no bem estar das famílias com vulnerabilidade social, também deixa lastro no Nordeste goiano em outras situações. O governador lembrou convênio firmado com o Ministério de Ciência e Tecnologia, para a instalação de internet por meio de satélite nos assentamentos rurais e também parcerias com a Ambev e a Enel.  

As obras entregues em Flores de Goiás incluem 233 quilômetros de redes elétricas, a instalação de 3.381 postes e mais de 800 conexões de energia. O presidente da Enel no Brasil, Nicola Cotugno, destacou a importância do trabalho em conjunto para a solução de demandas da sociedade. “Estamos aqui para ser parceiros. Energia é vida, é desenvolvimento e pode melhorar a vida das pessoas”, pontuou. “Hoje é um dia em que trazemos dignidade e transformamos em realidade o sonho de 800 famílias”, complementou o diretor-presidente da companhia em Goiás, José Luis Salas.  

Presente ao evento, o deputado Amilton Filho lembrou que faz parte da política central do Governo de Goiás priorizar aqueles que mais precisam da mão forte do Estado. “É de celebrar o olhar do governo Ronaldo Caiado para essas pessoas, de cuidar das pessoas. A energia elétrica é um bem muito precioso”, enfatizou.

A deputada federal Flávia Morais teceu elogios à gestão do governador. “[Quero falar] da confiança que temos no seu mandato e da alegria que temos de vê-lo empenhado, cumprindo os seus compromissos e acompanhando de perto ações como essas que são tão estruturantes”, assinalou a parlamentar.

“Melhor do que um plano em que se demonstram números é contemplar famílias com a luz elétrica. Eu sei que Bolsonaro está muito feliz também com essa entrega, porque é uma preocupação nossa não desamparar aqueles que são os mais necessitados”, afirmou o também deputado federal, major Vitor Hugo.

Outros benefícios

A instalação de rede elétrica em assentamentos em Flores de Goiás faz parte do Programa de Universalização do Acesso à Energia Elétrica do governo federal. No Estado, a meta do programa é, até 2022, levar energia para mais de 21 mil moradias de áreas rurais goianas.

Em determinadas áreas do Estado onde há dificuldade de construção de redes de distribuição, a Enel leva também energia elétrica por meio de kits de placas fotovoltaicas. Mais de 160 famílias já receberam o kit, composto por painel solar, retificador, baterias, materiais para instalações internas com até três lâmpadas, três interruptores e duas tomadas.

Em outra frente, a União concede um desconto de até 65% nas contas de energia de famílias mais vulneráveis por meio da Tarifa Social de Energia Elétrica. A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds) tem auxiliado a cadastrar assentados no programa do governo federal para que também possam obter o subsídio.

Fechando o tripé de parceiros, o governo estadual trabalha na melhoria das rodovias goianas e disponibiliza cursos de qualificação aos assentados, por meio da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater-GO) e da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa).

Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário