quarta-feira, 14 de outubro de 2020

Polícia Civil cumpre prisão preventiva de homem investigado por espancar a companheira grávida, em Posse-GO

Imagem Ilustrativa


A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia (DP) de Posse, no nordeste goiano, deu cumprimento, na manhã de terça-feira (13), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de um indivíduo que havia mantido sua companheira em cárcere privado, bem como a agredido fisicamente.

De acordo com o apurado, no dia 6 de outubro último, a vítima foi levada, contra a sua vontade, para um lugar ermo onde foi espancada durante quatro horas pelo investigado.

As agressões só cessaram quando a vítima concordou em se reconciliar com o agressor.

No dia seguinte, o investigado trancou sua companheira em casa e saiu para trabalhar. Aproveitando a ausência do agressor na residência, a vítima conseguiu fugir por uma janela, se refugiando na casa de parentes.

Com muito medo do agressor, a vítima só procurou a Polícia Civil dois dias após os fatos, oportunidade na qual foram solicitadas medidas protetivas.

A Polícia Civil também representou pela decretação da prisão preventiva do investigado, medida deferida que culminou em sua prisão hoje. O investigado agora está à disposição do Poder Judiciário.

A vítima está grávida de sete meses e, segundo ela, já teria perdido um filho no ano de 2019 em virtude das agressões sofridas.

Fonte: Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário