sábado, 28 de novembro de 2020

“Cobramos apuração urgente dos fatos”, diz prefeito de Cristalina-GO sobre morte de três pessoas pela PM


O prefeito de Cristalina, no Entorno do Distrito Federal, Daniel Sabino Vaz, o Daniel do Sindicato (DEM), fez uma publicação nas suas redes sociais dizendo que cobrou a investigação sobre as mortes de três trabalhadores rurais durante uma operação policial.

Familiares das vítimas se reuniram na Prefeitura com representantes da Patrulha Rural da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO), comando responsável pela ocorrência. Moradores da cidade fizeram duas manifestações na sexta-feira (28) cobrando justiça para o caso.

Aleff Nunes Souto, de 22 anos, Francisco da Silva Chaves, de 41, e Nelson da Silva Cardoso, de 38, foram mortos por três policiais em uma fazenda a cerca de 40km da área urbana, dentro do município de Cristalina. Os militares alegaram legítima defesa, mas os três eram funcionários da fazenda e haviam saído para caçar javalis, segundo seus patrões, colegas e familiares.

“A nossa Cristalina está enlutada pela tragédia que aconteceu essa semana, resultando numa ação policial que teve a morte de três trabalhadores rurais, que eram pessoas idôneas, conhecidas na cidade e muito queridas pela família e pelos amigos”, escreveu o prefeito nas redes sociais.

Daniel diz ainda na publicação que a administração municipal decidiu auxiliar no diálogo entre a família e a PM-GO. Segundo o prefeito, participaram da reunião subcomandante da Patrulha Rural da Polícia Militar do Estado de Goiás, Major Moraes e o comandante local, Major Werik.

Durante a reunião, familiares das vítimas e seus patrões pediram uma nota da Polícia Militar, “ressaltando que (as vítimas) eram trabalhadores, técnicos e que tinham carteira assinada e sustentavam as suas famílias trabalhando dignamente, contrário ao que foi relatado para a imprensa estadual”, diz trecho da publicação do prefeito.

No final da nota, Daniel diz que está cobrando, junto com o Conselho Comunitário de Segurança, a apuração urgente dos fatos. Ele diz que está à disposição da família e deixa seus sentimentos em nome da população, que segundo o prefeito, está triste e chocada.

Protestos

Durante esta sexta-feira foram realizados dois protestos em Cristalina pedindo justiça para a morte dos três trabalhadores. O primeiro protesto foi no início da tarde e foi no formato de carreata. Já o segundo foi na praça da prefeitura e os manifestantes levaram uma faixa e balões pretos e brancos. Também houve carreata e buzinaço em apoio. Manifestantes prometem que farão mais protestos.

A manifestação foi acompanhada por policiais. No momento em que estava parada, participantes fizeram discursos direcionados para os militares presentes. “Juiz debaixo dessa terra é só o juiz lá no Fórum. Aqui, polícia nenhum (é juiz). A não ser que seja para defender a vida de vocês (policiais), se vocês tem que matar para defender a vida de vocês. Vocês não são juízes aqui e nem justiceiros para tirar a vida, ainda mais de inocentes, três inocentes”, declarou uma manifestante com apoio dos demais.

Fonte: O Popular 

Nenhum comentário:

Postar um comentário