terça-feira, 17 de novembro de 2020

Fazendeiro Nei Castelli é preso suspeito de mandar matar dois advogados em Goiânia. A motivação do crime seria a disputa judicial por terras na divisa com a Bahia, na região de São Domingos-GO


O fazendeiro Nei Castelli, de 58 anos, é investigado como suspeito de ser o mandante do assassinato dos advogados Marcus Aprigio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis de 47.

Nei Castelli foi preso pela Polícia Civil de Goiás por volta das 17 horas desta terça-feira (17) em Catalão.

Segundo as investigações, a motivação do crime seria a disputa judicial por uma terra na divisa com a Bahia, na região de São Domingos, Nordeste do Estado.

A família Castelli briga na Justiça há anos por uma terra adquirido na região. Um outro fazendeiro que diz ser o verdadeiro dono das terras ganhou na Justiça o direito de reintegração de posse em 2019.

Nei chegou na Delegacia de Homicídios, em Goiânia, escoltado pela Polícia Civil por volta das 20 horas desta quarta-feira. Ele não se pronunciou e foi levado para dentro da delegacia, onde deve ser ouvido pelos investigadores.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário