Vacinação

Conceito Fase 1

domingo, 1 de novembro de 2020

Maguito Vilela apresenta boa recuperação pulmonar, mas segue na UTI tratando a Covid-19


Maguito Vilela, candidato a prefeito de Goiânia pelo MDB, segue internado na UTI, com coronavírus, mas apresenta “boa recuperação do seu quadro pulmonar”, segundo o médico que o acompanha. O boletim divulgado neste domingo (1º) relata ainda que ele está sedado e entubado.

De acordo com o pneumologista Marcelo Rabahi, que acompanha o político no Hospital Albert Einstein, em São Paulo, a equipe médica está confiante na recuperação do paciente. “Ele mantém também as funções cardíacas e a função renal preservadas, o que é um bom sinal e que ajuda também na evolução dessa fase da doença, que é um pouco mais lenta”, disse.

Contaminação

Maguito Vilela, de 71 anos, testou positivo para o coronavírus no último 20 de outubro. Dois dias depois, foi internado em um hospital de Goiânia. Na terça-feira (27), ele recebeu diagnóstico de até 75% de inflamação nos pulmões e um alerta para o do nível crítico de saturação de oxigênio no sangue. No mesmo dia, ele foi transferido para São Paulo. Na sexta-feira (30), foi entubado após piora no quadro respiratório.

Candidato a vice-prefeito na chapa de Maguito Vilela, o vereador Rogério Cruz (MDB) também testou positivo para o coronavírus. Ele está em casa, seguindo o protocolo médico indicado para este caso.

Em agosto deste ano, Maguito perdeu duas irmãs para a Covid-19 em um intervalo de menos de dez dias. Elas tinham 82 e 76 anos e moravam em Jataí.

Carreira política

Maguito já foi eleito vereador, deputado estadual e federal e vice-governador. Também foi governador de Goiás entre 1995 a 1998, quando disputou e ganhou a eleição para senador. Em 2007, foi nomeado por Guido Mantega, então ministro da Fazenda, como vice-presidente do Banco do Brasil.

Antes de disputar a eleição desde ano, foi eleito prefeito de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana da capital, por duas vezes, em 2008 e 2012.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário