terça-feira, 17 de novembro de 2020

Suspeito de mandar matar dois advogados dentro de escritório em Goiânia é preso


O suspeito de mandar assassinar os advogados Marcus Aprígio Chaves, de 41 anos, e Frank Alessandro Carvalhaes de Assis, de 47, foi preso na tarde desta terça-feira (17), segundo a Ordem dos Advogados do Brasil em Goiás (OAB-GO), que acompanha de perto a investigação do crime.

A informação foi confirmada por um delegado da Polícia Civil que integra a força-tarefa montada para solucionar o duplo homicídio.

De acordo com o advogado Edemundo Dias, presidente da Comissão de Apuração de Crimes Violentos contra Advogados (OAB), além da prisão do suposto mandante, foram presos outros suspeitos de participarem do crime.

Dias informou, porém, que a OAB-GO vai se pronunciar oficialmente após a chegada dos suspeitos à Delegacia de Investigação de Homicídios (DIH) em Goiânia.

O crime aconteceu em 28 de outubro, por volta de 14h30. De acordo com a Polícia Civil, dois homens agendaram horário com os advogados. Ao chegarem ao escritório, eles entraram e esperaram. Ainda conforme o relato, a secretária os levou até a sala dos advogados, momento em que os criminosos colocaram as vítimas de costas e disparam.

Para Edemundo Dias, o crime está relacionado à profissão e aguarda a apuração completa pela Polícia Civil. "Para a OAB interessa saber se o crime tem haver com a profissão da advocacia. A versão do latrocínio não prospera", opinou.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário