quarta-feira, 30 de dezembro de 2020

Comunidade Kalunga São Domingos recebe água tratada e energia elétrica, em Cavalcante-GO


Neste mês de dezembro, a Comunidade Quilombola Kalunga São Domingos recebeu a instalação de serviços de água tratada e energia elétrica. Apesar de serem serviços básicos, a espera da comunidade de aproximadamente 650 habitantes levou mais de sete décadas para se cumprir.

A inauguração do sistema de abastecimento foi feita pelo Governo de Goiás, por meio da Saneago. A partir de agora, todas as 210 moradias do povoado recebem água tratada com regularidade. Já a entrega das obras para energização ocorreu por meio de uma parceria entre o Estado e a Enel.

“Desde quando tenho entendimento de gente, já ouvia falar que vinha água e energia para cá”, relatou Valdeir Soares de Sousa, de 42 anos, moradora da comunidade. Ela também relata as dificuldades que teve de enfrentar ao longo de sua vida para conseguir água. “Antes, a gente tinha água, mas carregada no balde, na cabeça. Em um tempo desse, era difícil sair debaixo de chuva e buscar água para lavar roupa, lavar vasilha”.

A Dona Valdeir, que trabalha como merendeira na única escola da comunidade relata que era recorrente os alunos da unidade escolar ficarem sem lanche por dificuldades enfrentadas, tanto pela falta de água como de energia. Além disso, relatou, “os meninos usavam o mato como banheiro”. Agora, a merendeira vê o empreendedorismo como uma oportunidade, devido à chegada de energia elétrica na região.

Abastecimento de água e energia

Além do sistema de tubos para distribuição de água na Comunidade Quilombola, a água será tratada para atender às necessidades básicas da população. As obras são resultado de investimentos de R$ 500 mil, com recurso e mão-de-obra da Saneago.

Segundo o diretor de Expansão da Saneago, Ricardo Correia, o funcionamento do sistema contribui para combater as desigualdades e melhorar a qualidade de vida na região. “A Saneago tem a missão de atender os grandes centros, mas também aqueles municípios e comunidades que ainda não são contempladas com sistemas adequados para os dias de hoje”, disse.

Para atender às demandas de energia elétrica da região, foi necessária a instalação de 600 postos de energia na comunidade. As obras no setor foram pagas com o investimento de R$ 2,5 milhões, vindos do Programa de Universalização de Acesso à Energia Elétrica, do Governo Federal.

Além do povoado São Domingos em Cavalcante, cidades como Formosa, Flores de Goiás e outros povoados Kalunga de Cavalcante foram atendidos com energia elétrica no segundo semestre de 2020.

Nenhum comentário:

Postar um comentário