sexta-feira, 11 de dezembro de 2020

Golpistas falsificam documentos de morador de Divinópolis de Goiás fazem compras em loja e sacam FGTS emergencial


Um morador da cidade de Divinópolis de Goiás teve os documentos clonados por golpistas, que fizeram compras em loja do Distrito Federal e sacaram o FGTS emergencial que estava disponível.

O morador só descobriu o golpe quando foi tentar fazer o saque emergencial do FGTS de até R$ 1.045 e descobriu que o dinheiro já havia sido sacado.

Uma loja de eletrodomésticos passou a ligar para o homem cobrando uma divida feita no local com documentos pessoais dele clonado. A compra foi feita em parcelas divididas no carnê. Ao procurar a loja o morador descobriu que seus documentos haviam sido clonados por golpistas.

O morador registrou boletim de ocorrência na delegacia e também procurou a Caixa Econômica para resolver o problema. O caso foi passado para a Polícia Federal, que investiga.

O golpe se dá da seguinte forma: usando o CPF e o nome dos trabalhadores, golpistas se cadastram no aplicativo Caixa Tem, informando um e-mail falso, e pegam o dinheiro. Como o aplicativo não solicita confirmação da identidade do usuário, os golpistas não enfrentam dificuldades para 'roubar' o acesso ao Caixa Tem.

A Caixa Econômica Federal não informa o número de pessoas que procuraram o banco para reclamar sobre a retirada indevida do dinheiro. E afirma que, nos casos em que há comprovação de saque fraudulento, o dinheiro é devolvido para o beneficiário. O banco, no entanto, não especificou o tempo que isso pode levar e nem se pretende fazer alguma mudança no aplicativo Caixa Tem para evitar esse tipo de fraude.

O que mais chamou atenção nesse caos foi que os golpistas fraudaram uma identidade falsa com todos os dados do morador, com uma foto diferente. Com esse documento conseguiram realizar compras em uma rede de lojas famosa no Distrito Federal.

A facilidade com que os golpistas conseguiram compra na loja com os documentos falsos devem ser investigados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário