sexta-feira, 29 de janeiro de 2021

Polícia Civil de Formosa-GO cumpre prisão preventiva de investigado por latrocínio


A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio do Grupo Especial de Repressão a Crimes Patrimoniais (GEPATRI) de Formosa, na manhã desta quinta-feira (28), deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da 2ª Vara Criminal da Comarca em desfavor do autor de um crime de latrocínio ocorrido no dia 10 de setembro de 2020, no Parque Serrano, na região da “Capelinha”, em Formosa.

Após tomar conhecimento de que uma pessoa foi friamente executada com um tiro na região da cabeça, sendo que a motivação do crime foi a subtração da motocicleta, aparelho celular e valores da vítima, a Polícia Civil empreendeu diligências no intuito de elucidar o caso.

Durante as investigações, constatou-se que o crime foi premeditado, uma vez que a vítima foi convidada para ir até a região da “Capelinha” conversar com alguns amigos, momento em que o autor dos fatos se aproximou e efetuou um disparo de arma de fogo na região crânio-encefálica da vítima.

Diante de tais fatos, foi realizada a representação pela prisão preventiva do autor, a qual fora prontamente deferida pelo juízo local. O investigado será indiciado pelo crime de latrocínio, podendo ser condenado a uma pena de reclusão de 20 a 30 anos.

Fonte: Polícia Civil

Nenhum comentário:

Postar um comentário