domingo, 17 de janeiro de 2021

Ronaldo Caiado recebe ligação do ministro Pazzuelo e diz que irá a SP buscar as vacinas contra Covid-19


O governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM), informou na tarde deste domingo (17) que recebeu uma ligação do ministro da Saúde, Eduardo Pazzuelo, falando sobre a liberação das vacinas contra Covid-19 e que irá a São Paulo buscar pessoalmente as doses destinadas a Goiás. O estado já começou a distribuir seringas e agulhas para os municípios se prepararem para a imunização.

“Já recebi o telefonema do ministro da Saúde, o ministro Pazuello, que me convidou. Estou decolando daqui de Goiânia às 4h, estarei às 7h em Guarulhos para receber as vacinas que serão aplicadas nas pessoas que compõem o grupo de risco”, afirmou.

O governador disse que, devido à ligação que recebeu, cancelou a agenda prevista para segunda-feira (18). Ele ainda disse que, assim que as doses chegarem, a vacinação começará "imediatamente".

” Vamos começar a vacinar imediatamente. Na mesma hora que [a vacina] chegar, ela será distribuída de acordo com os grupos que são prioritários na vacinação, a todos os municípios, e iniciaremos imediatamente. Logo depois, mais doses chegando, nós ampliaremos nossa imunização”, disse.

Caiado ainda lembrou que Goiás foi escolhido como local para que os brasileiros que deixaram Wuhan, na China, epicentro da Covid-19, cumprissem a quarentena. O grupo ficou 14 dias na Base Aérea de Anápolis.

“Acho que nessa vacinação, a cidade de Anápolis tem que ser também homenageada nesse momento. Acho que deverão ser aplicadas as primeiras vacinas na capital e na cidade de Anápolis para mostrar também uma retribuição ao que o povo de Anápolis fez em um primeiro momento quando apareceu o foco da Covid, que ninguém conhecia”, disse.

De acordo com o Plano Nacional de Operacionalização da Vacinação Contra a Covid-19, o estado deve receber 7% do total de vacinas adquiridas pelo Ministério da Saúde. Neste primeiro momento, o órgão adquiriu 6 milhões de doses, que foram importadas do Instituto Butantan. Assim, o estado deve receber 450 mil doses.

Insumos

As mais de 1 milhão de seringas e agulhas começaram a ser distribuídos na sexta-feira (15) e de o trabalho deve ser concluído até segunda-feira (18). Eles foram enviados para 18 regionais de saúde, que serão responsáveis por repassar aos 246 municípios.

Segundo o governador, assim que as doses chegarem ao estado, serão “imediatamente” distribuídas para as cidades.

O secretário de Saúde, Ismael Alexandrino, disse o estado já tem material suficiente para fazer a vacinação. Além dessa primeira remessa de insumos, o estado comprou 2,5 milhões de seringas e agulhas. Com isso, seria possível imunizar metade da população do estado.

Inicialmente, a expectativa é que os primeiros a serem imunizados sejam idosos e profissionais da saúde que atuam na linha de frente de combate à doença.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário