domingo, 21 de fevereiro de 2021

Covid-19: 11 hospitais da rede pública de Goiás estão com 100% de ocupação das UTIs


A taxa de ocupação para leitos de UTI destinados ao tratamento de pacientes com Covid-19 na rede estadual é de 93,04%. Já na rede municipal de Saúde de Goiânia está em 67,46%, de acordo com boletim integrado das Secretarias do Estado e Município divulgado no sábado (20/02). Goiás já tem 378.589 mil casos do novo coronavírus. Em onze hospitais não há leitos disponíveis.

Até a tarde de sábado, 334 dos leitos de UTI estavam ocupados, dos 371 na rede estadual. 12 estavam bloqueados e 25 disponíveis. Em Goiânia, dos 209 implantados, 141 estavam ocupados, 68 disponíveis e nenhum bloqueado.

Onze hospitais interior à dentro já não possuem leitos de UTI disponíveis. É o caso do Hospital Estadual de Urgências de Anápolis (Huana) que tem todos os 21 leitos ocupados. O Hospital das Clínicas Dr. Serafim de Carvalho, em Jataí, também não possui salas de UTI disponíveis.

O hospital de Formosa também está com 100% dos leitos de UTI ocupados.

No HDT em Goiânia, são 10 leitos de UTI, mas 1 está bloqueado e os outros 9 ocupados. Ainda há alguns hospitais que estão à beira do limite. Em Trindade, a Hitrin tem 9 dos 10 leitos de UTI implantados ocupados. A taxa de ocupação é de 90%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário