segunda-feira, 1 de março de 2021

Operação prende em cinco dias 89 suspeitos de homicídios em Goiás; dos 89 presos, 15 foram detidos em Posse-GO e 17 em Formosa


A Polícia Civil de Goiás prendeu, em cinco dias, 89 suspeitos de homicídios dolosos durante a Operação Anubis, realizada na Região Metropolitana de Goiânia e cidades do interior do estado.

De acordo com o delegado Rilmo Braga, gerente de planejamento operacional, a prisão de quase 100 suspeitos reduzirá o índice de criminalidade no estado.

“A ideia é retirar de circulação pessoas que denotem periculosidade exacerbada para cometimento de novos crimes violentos, ou seja, retirando 89 homicidas de circulação, nós temos total convicção que os índices de criminalidade, não somente de homicídios, como também roubos, furtos e outros, cairão drasticamente”, afirmou Rilmo.

Dos 89 presos, 15 foram detidos em Posse, no norte de Goiás. Outros 17 mandados de prisão foram cumpridos em Formosa, no Entorno do DF, e Rio Verde, no sudoeste do estado. Segundo Rilmo, a operação tinha como um de seus objetivos localizar e prender pessoas que cometem crimes na Região Metropolitana e se escondem no interior de Goiás.

“Quase 50 deles eram foragidos de longa data que acreditavam que, por estarem no interior, não seriam localizados pela Polícia Civil”, disse.

Os mandados de prisão foram cumpridos de segunda-feira (22) a sexta-feira (26) da última semana. Os nomes e idades dos presos, bem como as datas dos respectivos crimes cometidos, não foram divulgados pela corporação.

De acordo com a Polícia Civil, a Operação Anubis foi a primeira do Programa Goiás de Resultados, que busca solucionar crimes dolosos contra a vida em todo o estado.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário