quarta-feira, 24 de março de 2021

Polícia Civil conclui investigação e indicia homem por estupro de vulnerável contra duas crianças, de 8 e 11 anos, no Distrito de São Gabriel; suspeito está foragido


Segundo apuração, o crime teria sido praticado contra duas crianças, de 8 e 11 anos, no entorno do Distrito Federal. O suspeito era ex-companheiro da avó das vítimas e está foragido.

A Polícia Civil, por meio da Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (Deam) de Planaltina de Goiás, concluiu inquérito que apurava abusos sexuais praticados contra duas crianças, de 8 e 11 anos de idade, no distrito de São Gabriel, entorno do Distrito Federal. Ao final da investigação, um homem, de 38 anos, foi indiciado pelo crime de estupro de vulnerável.

De acordo com a apuração do caso, as vítimas eram irmãs e teriam sido abusadas sexualmente pelo ex-companheiro da avó. Segundo o delegado João Raffael Veloso, os crimes teriam acontecido diversas vezes, quando as crianças visitavam a residência dos familiares ou dormiam no local. “Os abusos persistiram ao longo de um ano, até que no começo de março a avó surpreendeu o acusado mostrando o pênis para a neta de 11 anos de idade e o expulsou da residência”, conta.

A partir do flagrante, a outra criança confessou também ter sido vítima do suspeito. “A menina mais jovem, de 8 anos, tomou coragem e relatou os fatos à mãe, informando que também vinha sendo abusada, quando ficavam na casa da avó”, afirma o delegado. O caso passou a ser investigado pela Polícia Civil por meio do Conselho Tutelar.

Com a denúncia, equipes da Deam de Planaltina de Goiás instauraram inquérito policial para apurar todas as circunstâncias do crime. O homem teve a prisão preventiva decretada e segue foragido da justiça. Qualquer informação que leve ao paradeiro do suspeito pode ser encaminhada ao WhatsApp do Disk Denúncia da 11ª DRP – (62) 9 8403-6131. A divulgação de nome e fotografia do suspeito é feita visando interesse público para o devido cumprimento do mandado de prisão em aberto.

Comunicação Setorial - Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-GO)

Nenhum comentário:

Postar um comentário