quarta-feira, 17 de março de 2021

Polícia Civil prende em flagrante homem que mantinha companheira e filho em cárcere privado em Posse-GO



Investigação aponta que crime seria motivado por ciúme do indivíduo detido. Ele irá responder também pelo crime de ameaça.

A Polícia Civil de Goiás prendeu um homem em flagrante nesta terça-feira (16/03), suspeito de manter em cárcere privado a companheira e um filho, de dois anos de idade. O caso aconteceu em Posse, na região nordeste do Estado.

O inquérito instaurado contra o indivíduo, que trabalha como servente de pedreiro, apura ainda o crime de ameaça.

Segundo o delegado Wesley Silva, responsável pela investigação, a mulher era mantida há pelo menos três dias, dentro de uma casa, sem acesso a telefone celular, que era levado pelo companheiro. “Ele trancava tudo ao sair e levava o aparelho para que ela não pudesse manter contato com ninguém”, informou.

As informações apontam que as ameaças e brigas entre o casal eram constantes, incluindo o uso de objetos cortantes, como facas. De acordo com a apuração, o crime seria motivado por ciúmes excessivo do investigado. Na residência, os policiais ainda encontraram restos de comida estragada, além de um facão, que seria utilizado durante as discussões.

Após verificar as condições em que as vítimas se encontravam, a equipe policial acompanhou a retirada dos pertences pessoais e encaminhou mãe e filho para local apropriado, visando o bem-estar da mulher e da criança. Já o indivíduo foi recolhido na Unidade Prisional de Posse, onde se encontra à disposição do Poder Judiciário.

Comunicação Setorial – Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP-GO)

Nenhum comentário:

Postar um comentário