segunda-feira, 15 de março de 2021

Polícia prende foragido da justiça que estava em Alvorada do Norte-GO para cometer roubo a uma empresa de transportes de cargas valiosas


A Polícia Civil em conjunto com a Polícia Militar durante a madrugada desta segunda-feira (15), conseguiu identificar, prender e cumprir um mandado de prisão em aberto pelos crimes de tráfico de drogas, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa contra um homem que estava na cidade de Alvorada do Norte, no nordeste goiano, para cometer um roubo a mão armada contra uma empresa de transportes de cargas valiosas.

Policiais militares estavam fazendo patrulhamento de rotina na cidade de Alvorada, quando se depararam com o indivíduo, sozinho, em atitude suspeita.

Após abordagem de praxe, o indivíduo afirmou que não possui documentos de identidade, porém se identificou aos policiais com um nome de um cidadão que residia em São Paulo. Em razão dessa atitude suspeita, os Polícias Militares encaminharam o homem até a sede da Delegacia Regional de Posse (GO), para que fossem tomadas medidas capazes de identificar cabalmente a sua identidade.

Na Delegacia, os Polícias Civis que estavam de plantão entraram em contato com a Polícia Civil de São Paulo, e a equipe chefiada pelo Delegado Tabajara e pelo escrivão Fábio informaram que a identidade apresentada pelo autuado não era correta, tratando-se de uma outra pessoa que tinha residência na cidade de São Paulo (SP).

Munidos dessa informação, os policiais procederam ao interrogatório do conduzido, que confirmou que fazia parte de uma associação criminosa e que estava na cidade de Alvorada para cometer um crime de roubo de carga a mão armada com mais 04 (quatro) indivíduos.

 Após, foi diligenciado pela equipe plantonista e, através de investigação policial, foi possível constatar a verdadeira identidade do autuado e que ele tinha um mandado de prisão em aberto pelos crimes de associação criminosa, tráfico de drogas e porte ilegal de arma de fogo.

O indivíduo foi autuado em flagrante pelos crimes de falsa identidade e associação criminosa para a prática de crimes hediondos, e, após a lavratura do respectivo auto, encaminhado para o presídio de Simolândia.

Fonte e foto: Polícia Civil de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário