terça-feira, 16 de março de 2021

Policlínica de Posse-GO muda perfil de pacientes de fisioterapia


Desde a entrada em funcionamento dos serviços de fisioterapia em sua plenitude, no segundo semestre de 2020, a Policlínica de Posse, no nordeste goiano, mudou o perfil dos pacientes que necessitam desse atendimento.

Em consequência, houve aumento significativo na procura por esse serviço pela a população de Posse e região.

A fisioterapeuta Danúbia Rafaela comenta que, entre os moradores de Posse, criou-se uma cultura de realizar sessões regulares de fisioterapia com um número sempre crescente de novos pacientes. “Agora há maior oferta desses serviços aqui na Policlínica e há uma disponibilidade de horários e dias para a realização de sessões de fisioterapia. Isso se traduz em qualidade de vida para a população”, explica.

A dona de casa Aparecida Vieira de Brito está completando a décima sessão na unidade do Governo de Goiás em Posse e comemora a melhora no quadro de dores que sentia por uma hérnia de disco. “Já fiquei amiga das meninas da recepção e das doutoras que me atendem. São todas muito atenciosas e educadas, além do serviço, que é muito mais facilitado pra gente que mora aqui na cidade”, comenta.

Aos 48 anos e mãe de dois filhos, ela coloca como pontos mais positivos a proximidade, a facilidade de realizar as sessões e a variedade de equipamentos. “Antes, a gente precisava esperar uma fila para ser atendido aqui na cidade ou ir para Brasília ou Goiânia. Agora, dá pra vir aqui fazer a sessão de fisioterapia e voltar para casa tranquila. Além disso, há uma maior variedade de equipamentos muito novos e modernos para o tratamento.”

Danúbia Rafaela frisa que é imperativo nas equipes estarem preparadas para dispensarem atendimento humanizado e atenção pessoal a todos os pacientes. “Nossa obrigação é prestar um serviço de qualidade e com a humanização que nossa gente espera e merece”, garante.

Texto e foto: Instituto CEM

Nenhum comentário:

Postar um comentário