sexta-feira, 5 de março de 2021

São Domingos-GO: Lojistas reclamam do fechamento de parte do comércio e pedem mudança no decreto municipal


A decisão da prefeitura de São Domingos, no nordeste goiano, de fechar parte do comércio local não foi bem recebida pelos lojistas da cidade.

Os lojistas reclamam de falta de diálogo com a atual gestão e dos critérios adotados no decreto “determinando que parte do comércio pode abrir, lojas de roupas não podem, sendo que onde há menos aglomeração na cidade são em lojas de roupas” questionou uma lojista.

Os lojistas estiveram na quinta-feira (04) em frente a prefeitura para tentar um diálogo com o prefeito Cleiton Martins, mas segundo eles, não foram recebidos pelo prefeito.

“Queremos mudança neste decreto, que seja justo com todos, sabemos que a pandemia é grave e séria, mas também precisamos trabalhar assim como todos os outros que estão abertos”, desabafou uma lojista.

“Os comerciantes sugerem a abertura do comércio de forma controlada e com fiscalização mais severa para cumprimento das normas de combate ao covid-19. Não acreditamos que fechar é o caminho, mas fiscalizar e fazer cumprir as normas sim”

“Aqui salão de beleza é considerado essencial, mas loja de roupas, sapatos, conveniências, academias, são os grandes vilões. Queremos um decreto justo que trate todos com igualdade e nos de a possibilidade de continuar trabalhando para por comida na mesa”, relatou um comerciante.

A prefeitura de São Domingos publicou decreto com restrições que fecha parte do comércio para conter o avanço da covid-19 no município. O decreto tem validade de 04 de março a 19 de março.

Nenhum comentário:

Postar um comentário