sábado, 24 de abril de 2021

Divinópolis de Goiás perde o professor Joaquim Orivan


Divinópolis de Goiás perdeu neste sábado (24) o professor Joaquim Orivan Souza Filho, vítima de complicações em decorrência da covid-19. Ele estava internado há alguns dias na UTI em Goiânia, lutando contra as complicações, mas infelizmente não resistiu.

Orivan, como era conhecido, nos ensinou com muito carinho, e sempre estava ali em nossa caminhada perguntando sobre nossas conquistas. Uma pessoa linda do coração enorme, disse uma ex-aluna.

Ele graduou em Engenharia Agronômica na Universidade Federal de Goiás (UFG), na década de 1980. Em Divinópolis de Goiás e Campos Belos, atuou como professor de Química e Física. Um professor que tinha uma grande dinâmica de ensino e uma didática incrível, se tornando uma grande referência na vida de seus alunos.

Gostava de muitas brincadeiras, inclusive com seu nome, gostava de ser chamado de professor “Naviro” (escrita do seu nome invertida) ou “Oriva Sativa” nome cientifico do arroz que remete a sua formação de Agrônomo.

O “Orivas”, como muitos alunos gostavam de chamá-lo era aquele professor que falava a língua dos seus alunos. Ele sempre tinha um jeitinho de se aproximar e fazer parte de cada vida que passava por ele.

Um guerreiro que superou grandes batalhas, e seguia sempre com muito amor a vida ao lado de sua esposa e filhos.

Foi funcionário efetivo da ADAPEC - Agência de Defesa Agropecuária do Tocantins, em Combinado-TO, onde atuou até a sua aposentadoria. Ele também foi Secretário de Saúde em Divinópolis de Goiás, onde participou da implantação e inauguração do hospital municipal.

Nas redes sociais centenas de pessoas prestaram homenagens e lamentaram o falecimento do professor Orivan.

Nesta hora de despedida, é com profunda tristeza que dizemos adeus a alguém que teve uma influência tão preponderante nas nossas vidas e a quem desejamos que tenha um descanso eterno.

Meus sentimentos, aos seus filhos Gabriel e Brenno e a sua esposa Magna, aos familiares, aos amigos e conterrâneos.

Disse-lhe Jesus: "Eu sou a ressurreição e a vida. Aquele que crê em mim, ainda que morra, viverá; João ( 11: 25-26)

Nenhum comentário:

Postar um comentário