sexta-feira, 16 de abril de 2021

Dois homens são flagrados levando 300 aves silvestres dentro de sacos e gaiolas na BR-153; as aves foram capturadas nas cidades de Alvorada do Norte e Posse-GO e seriam comercializadas em São Paulo


Dois homens de 43 e 47 anos foram flagrados transportando 300 aves silvestres dentro de sacos de batatas em um carro na BR-153, em Hidrolândia, na Região Metropolitana de Goiânia. Um vídeo mostra os policiais retirando as aves do veículo.

Os nomes dos suspeitos não foram divulgados. Assim, a reportagem não conseguiu localizá-los para que se posicionassem sobre o caso.

O caso ocorreu na manhã de quinta-feira (15). Segundo a Polícia Rodoviária Federal, agentes pararam o Ford Fiesta durante uma fiscalização e notaram os sacos de batatas se mexendo no banco traseiro, quando abriram as portas, viram os pássaros e várias gaiolas no assoalho.

De acordo com a PRF, os homens informaram que as aves das espécies canário e pássaro-preto foram capturadas nas cidades de Posse, no nordeste goiano, e em Alvorada do Norte, também região nordeste do estado, para serem comercializadas em São Paulo.

Ainda segundo os agentes, os pássaros que percorreriam mais de 1,3 mil km, foram encaminhados ao Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama), para serem avaliados e devolvidos para a natureza.

De acordo com a PRF, os homens assinaram um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por crime ambiental, se comprometendo a comparecer em juízo, e foram liberados. Se condenados, podem pegar entre seis meses a um ano de prisão, além de multa.

A reportagem entrou em contato por e-mail com o Cetas, às 10h10 desta sexta-feira (16), a fim de saber se algum pássaro estava ferido e se já foram soltos. Porém, não obteve retorno até a última atualização desta reportagem.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário