sexta-feira, 9 de abril de 2021

Municípios do Nordeste Goiano lideram ranking de novas conexões rurais realizadas pela Enel



Desde o processo de privatização, concretizado em fevereiro de 2017, o Grupo Enel assumiu o compromisso com o Estado de Goiás de acelerar o número de novas conexões rurais realizadas a cada ano.

De lá para cá, a Enel Distribuição Goiás já conectou 10.200 novos clientes à rede da distribuidora. Entre esses clientes estão famílias em assentamentos, comunidades quilombolas, aldeias indígenas e pequenas propriedades rurais, que tiveram suas vidas transformadas após a chegada da energia elétrica.

Todo esse trabalho é resultado de um investimento de mais de R$ 286 milhões.

O diretor-presidente da companhia, José Luís Salas, ressalta que os municípios da região Nordeste lideram o ranking de novas conexões, totalizando 2.299 ligações rurais: Cavalcante (819), Flores de Goiás (768), São Domingos (399) e Monte Alegre (313).

A cidade de Formosa, no Entorno, teve 858 conexões; seguida de Caiapônia, na região Sudoeste, com 373 ligações; e Crixás e Mara Rosa, na região Noroeste, com 304 e 240 conexões, respectivamente. “Estamos trabalhando para atender a todos os pedidos de novas conexões, independente da região do Estado. Nosso maior objetivo é que todas as famílias goianas tenham acesso à energia elétrica”, completa.

O diretor-presidente acrescenta que, neste mês de abril, a companhia entregará a conexão de 103 famílias que vivem no Assentamento Órfãos, em Cavalcante. Nesta obra, foram investidos R$ 4,6 milhões para a construção de 93 quilômetros de redes monofásicas e trifásicas e a instalação de 1.310 postes.

Para 2021, a meta da companhia é realizar mais 9,6 mil novas conexões. “Quando assumimos a distribuição em Goiás, nos deparamos com um passivo de 24 mil pedidos de conexões rurais. Com muito planejamento, investimento e trabalho em equipe, já reduzimos esse número pela metade, e até 2022, nossa meta é atender a todos esses pedidos”, encerra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário