sexta-feira, 16 de abril de 2021

SLC Agrícola fatura acima de R$ 3 bilhões em 2020


A SLC Agrícola apresentou na quarta-feira (14) o desempenho financeiro e de gestão corporativa de 2020. O grupo de origem gaúcha é um dos maiores do País, com área recorde cultivada de 468,2 mil hectares na safra 2020/21 e aumento de 4,4% na comparação com a safra anterior.

A receita líquida foi de R$ 3,09 bilhões, valor 22,1% acima de 2019. Já o lucro líquido cresceu 62,2%.

“O ano de 2020 foi bastante desafiador, mas também positivo para a SLC Agrícola. Pela primeira vez, superamos o patamar de R$ 3 bilhões de receita líquida por conta do cenário externo, associado à desvalorização do real ante o dólar. Esse crescimento de 22% reflete os maiores preços de faturamento nas culturas de soja e milho e, também, o maior volume de algodão faturado na comparação com os níveis de 2019”, diz Aurélio Pavinato, diretor-presidente da companhia.

Além de algodão, com 216 mil toneladas vendidas, a SLC Agrícola comercializou no ano passado 899 mil toneladas de soja e 663 mil toneladas de milho. São 16 fazendas nos Estados de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Bahia, Maranhão e Piauí, das quais oito já possuem suas lavouras totalmente conectadas à internet. A meta é finalizar o serviço em todas as fazendas até o final deste primeiro semestre.

Outro destaque de 2020 foi a primeira emissão de títulos verdes pela empresa, com R$ 480 milhões captados em CRAs (Certificados de Recebíveis do Agronegócio). Além de R$ 100 milhões captados em operação bilateral classificada como título sustentável (Sustainability Linked Loan). “A demanda pelas commodities agrícolas brasileiras manteve-se em alta em 2020. O Brasil se fortaleceu ainda mais como grande fornecedor de alimentos para o mundo e a SLC Agrícola cumpriu seu papel de produzir de forma sustentável para abastecer o mercado doméstico e internacional”, afirma Pavinato.


Fonte: Forbes

Nenhum comentário:

Postar um comentário