segunda-feira, 31 de maio de 2021

Advogada pede com versos mais prazo a juiz em Formosa-GO


A advogada Andreia Bacellar fez um pedido de uma forma não tão convencional no meio jurídico e requisitou a dilatação de prazo em um processo para obter informações sobre um veículo. Para isso, ela usou poesia.

Como resultado, o juiz Rozemberg Vilela da Fonseca, do Juizado Especial Cível de Formosa, no Entorno do Distrito Federal, deferiu a petição e estipulou o prazo de 30 dias para que seu cliente apresente os dados solicitados.

Andreia relatou que tentou sensibilizar o juiz depois de tantas negativas dentro do processo e que, além disso, que levar pouco de ternura e poesia ao Poder Judiciário.

Confira o conteúdo da petição:

Senhor MMº Juiz com todo respeito,

O promovente recorre a sua ciência

Com muita fé e paciência em busca da tutela jurisdicional.

 

De fato, nenhum bem foi encontrado

Em nome do devedor muito esperto e ‘antenado’

No qual resultou idas e vindas do zeloso oficial de Justiça

Em busca de cumprir a honrosa missão liça

 

Nesse momento recorro à poesia,

para amenizar o desalento,

desapontamento da causídica desta ação.

 

Pois de todo coração,

diante da nova certidão,

não há muito o que fazer, a não ser…

Requerer com toda reverência

A sabedoria da Vossa Excelência

O alongamento do prazo para que o autor desta ação.

Tenha condição de apresentar o paradeiro do veículo em questão

Nenhum comentário:

Postar um comentário