quarta-feira, 19 de maio de 2021

Prefeito de Alto Paraíso de Goiás decreta toque de recolher e lei seca


O prefeito de Alto Paraíso de Goiás, Marcus Adilson Rinco (DEM), decretou nesta quarta-feira (19) toque de recolher e a implementação de lei seca no município.

A norma proíbe circulação de pessoas depois das 23h, exceto para urgência comprovada e para trabalhadores, e a venda de bebidas alcoólicas fica permitida até 22h.

Rinco afirmou que a medida foi tomada após registros de festas clandestinas e aglomerações no município o que, segundo ele, têm impactado no aumento no número de casos de Covid-19. “Nas últimas duas semanas tivemos um aumento acima da média de casos e acreditamos que elas ocorreram principalmente em função das festas clandestinas. O comércio tem seguido os protocolos”, disse.

O boletim epidemiológico divulgado hoje pela prefeitura mostra que desde o início da pandemia foram confirmadas 670 infecções pelo coronavírus e que 54 casos estão ativos. Até o momento, quatro mortes em decorrência do vírus foram confirmadas e três estão sendo investigadas.

Sobre a internação de pacientes que contraíram a doença, dois estão internados no município e cinco em outras cidades. “Contamos com Semi-UTI (Unidade Semi-Intensiva) no município, mas quando o grau de complexidade é maior solicitamos vagas em UTI pelo sistema de regulação do Estado, que no momento temos conseguido vagas”, relatou o prefeito.

Ainda conforme o decreto, música ao vivo está permitida, desde que com apresentação de voz e violão com comunicação prévia à prefeitura. Ginásios, quadras e campos society estão fechados.

O consumo de bebidas alcoólicas em vias e praças públicas foi proibido, assim como utilização de som automotivo em eventos ou vias públicas.

Multa

Quem for flagrado ao sair de casa sem máscara receberá multa de R$ 500 e será encaminhado para delegacia. Será considerada aglomeração reunião de seis ou mais pessoas sem utilização de máscara e sem justificativa.

Parque Estadual Águas do Paraíso

Nesta quinta-feira (20), o Parque Estadual Águas do Paraíso será reaberto para visitação, pesquisas científicas, atividades educativas e lazer. Contudo, o funcionamento ocorrerá de forma gradual e monitorada, com uso obrigatório de máscara e mantendo o distanciamento social.

“Tivemos hoje a informação do Estado e quem toma conta do local é a Semad (Secretaria Estadual de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável), que fará o controle do acesso”, relatou o prefeito Marcus Adilson Rinco.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário