segunda-feira, 14 de junho de 2021

Força-tarefa continua as buscas por suspeito de matar família no DF


Nesta segunda-feira (14), as forças de segurança da SSP-GO e da SSP-DF seguem as buscas por Lázaro Barbosa Sousa, de 33 anos. Ele é suspeito de matar quatro integrantes de uma família na última quarta-feira (9), em uma propriedade rural de Ceilândia, no Distrito Federal (DF).

Nesta manhã, o secretário de Segurança Pública de Goiás, Rodney Miranda, está no local das buscas e acompanha o trabalho das equipes.

Na noite do último sábado (12), ele trocou tiros com policiais militares no município de Cocalzinho de Goiás e conseguiu fugir. Lázaro foi perseguido na noite deste sábado após invadir uma casa em Cocalzinho e balear três moradores. As vítimas foram encaminhadas para hospitais da região e não correm risco de morte.

Na última quarta-feira, conforme informações da Polícia Militar (PM), Lázaro teria invadido uma casa na região rural de Ceilândia e matado o empresário Cláudio Vidal de Oliveira, de 48 anos, e os filhos, Gustavo Marques Vidal, de 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, de 15.

Posteriormente, ele teria sequestrado a esposa de Cláudio, a empresária Cleonice Marques de Andrade, de 43 anos. O corpo da vítima foi localizado na manhã de sábado (12), em uma zona de mata próxima à BR-070.

A Polícia ainda investiga o que teria causado os quatro homicídios, uma vez que o suspeito não levou nenhum pertence da família.

Lázaro é condenado por um homicídio na Bahia, e também é procurado no DF e em Goiás por crimes de roubo, estupro e porte ilegal de arma de fogo. Em 8 março de 2018, ele chegou a ser preso pelo Grupo de Investigações de Homicídios de Águas Lindas, mas fugiu do presídio quatro meses depois. Desde então, Lázaro está foragido.

Fonte: O Popular

Nenhum comentário:

Postar um comentário