segunda-feira, 5 de julho de 2021

Eleito em situação atípica, Caiado muda de estratégia e busca prefeitos para 2022


O governador Ronaldo Caiado (DEM), que chegou ao Palácio das Esmeraldas com o apoio oficial de apenas 14 prefeitos, tem entre suas principais apostas para as eleições do ano que vem a ampliação do número de gestores municipais que integram sua base.

O motivo principal, segundo integrantes do núcleo político do Palácio das Esmeraldas, é uma guinada de 180 graus no sentimento dos eleitores em relação às últimas eleições.

“Será uma eleição muito diferente da de 2018. Com o fracasso da gestão Bolsonaro, será uma eleição para políticos. Não será para outsiders. Vai vencer quem tiver mais apoios”, afirma um caiadista.

Apesar de seus cinco mandatos de deputado federal e os quatro anos que passou no Senado, Caiado se aproveitou do desejo por “nova política” que ajudou a eleição do presidente Jair Bolsonaro em um contexto de desgastes acumulados durante os 20 anos do PSDB de Marconi Perillo no poder. “Agora é outra situação. Temos um governo bem avaliado e sem o cansaço da população”, avalia o aliado do governador.

Texto: Coluna Giro

Nenhum comentário:

Postar um comentário