quinta-feira, 15 de julho de 2021

Polícia Civil apreende celulares de dupla suspeita de exigir sexo para não divulgar fotos íntimas de adolescente, em Aurora do Tocantins


A Polícia Civil apreendeu celulares de dois suspeitos de manter fotos íntimas de uma adolescente de 16 anos e tentar extorquir a jovem em troca de sexo.

O caso está sendo investigado pela delegacia de Aurora do Tocantins, na região sudeste do estado. Os mandados de busca foram cumpridos nesta quinta-feira (15).

Ao todo foram apreendidos três celulares com os suspeitos. Os mandados foram cumpridos pelo delegado-chefe da 106ª DP, Lucas Rodrigues, com apoio de policiais da 103ª DP de Taguatinga.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública (SSP), inicialmente eles estão sendo investigados por adquirir, possuir ou armazenas material pornográfico envolvendo adolescente. Mas também é investigado o crime que ficou conhecido como ‘sextorsão’, pois um dos investigados estaria exigindo que a vítima mantivesse relações sexuais com para que as fotos íntimas não fossem divulgadas.

“A vítima registrou Boletim de Ocorrência porque se sentiu ameaçada e com muito medo. Um dos investigados mandava mensagens dizendo que estava na porta da casa da vítima esperando por ela. Em outra mensagem ele fala que estava observando a vítima durante uma festividade e chega a descrever a roupa que ela estava usando no momento”, disse o delegado Lucas Rodrigues.

O fato ocorreu em outubro do ano passado. Desde então foram ouvidas testemunhas e a Polícia Civil pediu informações às empresas telefônicas para descobrir quem eram os donos das linhas utilizadas.

A polícia informou que as investigações continuam e agora os celulares serão periciados a fim de verificar se de fato as fotos estão armazenadas nos aparelhos.

Fonte: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário