sábado, 10 de julho de 2021

Ronaldo Caiado projeta antecipar 2ª dose da AstraZeneca


O governador Ronaldo Caiado projetou a antecipação da segunda dose da vacina AstraZeneca/Fiocruz durante entrevista coletiva, na manhã deste sábado (10/07), no Paço Municipal. Ao lado do prefeito Rogério Cruz, ele participou da abertura da maratona 24 horas ininterruptas de imunização contra a Covid-19, em Goiânia.

“Acreditamos que, exatamente neste mês de julho, vamos ter uma Fiocruz que dará conta de ampliar muito a oferta”, disse o governador. “Lógico que, quanto mais oferta tivermos, dentro desse quadro e dessa análise feita pelo comitê, nós vamos poder antecipar a aplicação da segunda dose e assim, dar uma cobertura maior e mais rápida, para que não tenha o comprometimento de nossa população”, destacou.

Caiado lembra que a Fiocruz, em função do acordo internacional estabelecido, não apenas recebe os imunizantes da Oxford, como também tem produção própria a partir do ingrediente farmacêutico ativo (IFA). O governador também fez um apelo para que a população não se omita no que diz respeito à aplicação da segunda dose das vacinas contra Covid-19.

A ação no Paço Municipal atende a população da capital exclusivamente por faixa etária, a partir dos 43 anos de idade. A iniciativa visa beneficiar moradores que não possuem condições de ir a um dos postos de vacinação durante o horário comercial. Não há necessidade de agendamento. No local, foram disponibilizados 10 pontos para o atendimento da população.

“Estamos muito felizes hoje, porque Goiânia, com certeza, chegará num ritmo muito avançado”, celebrou o prefeito Rogério Cruz.

Durante visita aos pontos de imunização, o governador, que é médico, vacinou o motorista Marco Aurélio Lopes Machado, de 43 anos. “Graças a Deus chegou nossa hora”, afirmou. “Pensei que fosse demorar mais. Fico muito mais tranquilo”, celebrou. Ele trabalha por meio de aplicativo e foi um dos primeiros da fila na manhã de sábado.

“Isto aqui faz com que a gente possa atender milhares de pessoas nesta maratona”, disse Caiado. “Mostra grande sensibilidade com aqueles que, no seu horário de trabalho, não têm acesso aos postos. Muitos deles devem, também, tomar a sua segunda dose”, completou.

O prefeito Rogério Cruz explica que “lançamos esse grande combate à Covid-19, graças a um estudo muito bem feito e elaborado. São vários órgãos envolvidos nesta manhã para que pudéssemos realizar esse grande evento”. Ele destacou que o governador “tem se empenhado e colaborado com todos os municípios, no que diz respeito à imunização”.

Maratona de vacinação

Em sua primeira edição, o evento começou às 8h e terá duração de 24 horas, com previsão de término para o mesmo horário, neste domingo (11/07). No município, mais de 800 mil imunizantes já foram aplicados, entre primeira e segunda doses, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

Para o Estado, 4,41 milhões de doses de vacinas já foram destinadas pelo Ministério da Saúde. Apenas entre a tarde de quinta-feira (08/07) e a manhã de sexta-feira (09/07), Goiás recebeu 116.950 novos imunizantes, sendo 87.750 da Pfizer e 29.200 da CoronaVac.

“Caminhamos para atingir a marca de metade da população com mais de 18 anos já vacinada no Estado. Isso impacta significativamente nos números, pois é inegável que com esse avanço conseguimos diminuir o número de casos”, disse o secretário de Estado da Saúde, Ismael Alexandrino.

Um estudo da Pasta mostra que, das pessoas que possuem o esquema vacinal completo, menos de 2% se contaminaram com o vírus. “É uma eficiência de 98%”, detalhou.

O último levantamento realizado pela Secretaria de Estado da Saúde (SES-GO), divulgado às 15 horas de sexta-feira (09/07), apurou que, referente à primeira dose, foram aplicadas 2.494.674 doses das vacinas contra a Covid-19 em todo o Estado.

Em relação à segunda dose, foram vacinadas 801.775 pessoas. Esses dados são preliminares e coletados no site Localiza SUS do Ministério da Saúde.

Alerta

Caiado reafirmou a necessidade do complemento da vacinação. “A primeira dose sozinha não é suficiente para produzir anticorpos capazes de imunizar a pessoa”, destacou. “Se nós temos a segunda dose, vemos realmente o quanto melhorou o quadro em relação ao agravamento das pessoas acometidas pela Covid-19. Nós diminuímos o índice de mortalidade”, informou

A Prefeitura de Goiânia afirma que tem vacinas suficientes para todo o período da maratona e que prioriza, neste momento, a aplicação da primeira dose para ampliar o número de pessoas com ciclo de imunização iniciado.

“Temos a previsão de imunizar, nesta ação hoje, entre 10 a 12 mil pessoas”, afirmou o titular da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), Durval Pedroso. Ao menos 300 servidores foram mobilizados para o apoio ao evento. Equipes do Exército Brasileiro e de outras pastas da prefeitura também estão envolvidas.

Estiveram presentes na abertura da maratona no Paço Municipal, em Goiânia, a primeira-dama, Thelma Cruz; o secretário de Governo da Prefeitura de Goiânia, Arthur Bernardes; a secretária executiva da SMS, Luana Ribeiro; o chefe de gabinete e secretário particular do prefeito, José Firmino; o deputado federal João Campos e o estadual Jeferson Rodrigues; o secretário de Estado de Comunicação, Tony Carlo; Clayton Pereira de Melo, representante da Associação Goiana dos Municípios (AGM) e o vereador Leandro Sena.

Fonte: Secretaria de Comunicação – Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário