domingo, 29 de agosto de 2021

Goiás tem 812.252 casos de Covid-19 e 22.355 mortes desde o início da pandemia


Goiás registrou desde o início da pandemia até este sábado (28) 812.252 casos de Covid-19 e 22.355 mortes. Nas últimas 24 horas, foram mais de 1,5 mil casos e 38 óbitos. Com relação à vacinação, mais de 5 milhões de doses já foram aplicadas no estado.

Segundo o boletim da Secretaria de Estado da Saúde, 777.169 pessoas conseguiram se curar da doença. Outros 590.418 casos suspeitos estão em investigação. Outros 312.220 registros foram descartados. No estado, a taxa de letalidade do vírus é de 2,76%.

Ocupação dos hospitais

A rede hospitalar estadual está com 62,% dos 599 leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) ocupados. O índice na enfermaria é de 43%.

Em Goiânia, das 319 vagas de UTI, 62% estão em uso. O índice na enfermaria, que tem 299 leitos, é de 43%.

O Complexo Regulador Estadual, que administra pedidos de internação, está com 11 pacientes na fila de espera por uma UTI e 10 pessoas aguardam por um leito de enfermaria.

Vacinação

O levantamento realizado pela SES registrou que foram aplicadas 4.051.827 primeiras doses. Já o reforço foi dado a 1.725.347 pessoas.

O estado já recebeu 7.388.500 doses de vacinas contra a Covid-19, sendo 2.446.840 da CoronaVac, 3.103.740 da AstraZeneca, 1.685.970 da Pfizer e 151.950 da Janssen.

Casos confirmados

O governo estadual registrou os três primeiros casos de Covid-19 em 12 de março de 2020;

Em 6 de maio de 2020, Goiás ultrapassou 1 mil casos confirmados e atingiu 45 mortes;

Em 14 de agosto, o estado ultrapassou 100 mil casos confirmados da doença;

Goiás registrou recorde de casos em um dia em 9 de junho, com 7.031 novos infectados;

Em 24 de agosto, Goiás atingiu 800 mil casos de Covid-19.

Mortes confirmadas

A primeira morte por coronavírus registrada em Goiás foi em 26 de março de 2020;

Em 7 de outubro, Goiás ultrapassou 5 mil mortes pela doença;

O recorde de mortes em 24 horas foi de 267 óbitos, registrado em 10 de março de 2021;

Em 30 de maio, o governo informou que a doença provocou 17 mil mortes;

Em 20 de agosto, o estado contabilizou 22 mil vítimas.

Fonte e texto: G1

Nenhum comentário:

Postar um comentário