quarta-feira, 18 de agosto de 2021

Henrique Meirelles diz que quando sobe o preço dos combustíveis, a responsabilidade é da Petrobrás e não do ICMS


O ex-ministro e atual secretário de Fazenda de São Paulo, Henrique Meirelles disse, através de suas redes sociais na última segunda-feira (16) que, quando sobe o preço dos combustíveis, o discurso de que o ICMS é responsável pela a alta do valor é uma mera tentativa de desviar o assunto jogando para os estados, a responsabilidade que é da Petrobrás.

”Quando o preço da gasolina aumenta, não foi a alíquota do ICMS que subiu. O percentual continua o mesmo. A variação do preço do combustível na bomba é, repito, decisão da Petrobrás, que detém o monopólio de preços no Brasil”, disse Meirelles.

Segundo Meirelles, o consumidor precisa ser protegido dessa flutuação, ou seja, o ex-ministro defende a implantação de uma fórmula que evite o impacto dos preços elevados dos combustíveis em todo país.

”O consumidor precisa ser  protegido dessa flutuação, que tem impacto também no frete e no preço dos alimentos. Por isso que em 2018 propus de um fundo de amortização que impediria a variação descoordenada dos preços da gasolina, diesel e gás de cozinha”, afirma.

Ainda segundo Henrique Meirelles, o fundo de amortização sempre será uma boa solução. Pois assim, preserva o caminhoneiro e o agro de forma responsável, sem gerar rombos para a Petrobrás, nem ao Tesouro Nacional, deve ser uma preocupação de todos.

Fonte e texto: Altair Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário