quinta-feira, 19 de agosto de 2021

Mulher pede “pizza” aos Bombeiros para denunciar agressão em Niquelândia-GO


Uma mulher ligou para a Companhia Independente dos Bombeiros Militares de Niquelândia para denunciar uma agressão do companheiro. Ela, contudo, fingiu pedir uma pizza, durante a madrugada, para disfarçar o apelo por socorro.

A mulher fez a denúncia no dia 14 de agosto ao ligar no 193. O bombeiro que atendeu percebeu que não se tratava de um trote, mas de violência doméstica, e, de imediato, enviou uma equipe para a II etapa do Jardim Atlântico, na cidade, para “entregar a pizza”.

Ao chegarem no local, o agressor já tinha fugido. A mulher tinha hematomas na cabeça e escoriações pelo corpo, e recebeu o atendimento pré-hospitalar. Em seguida, foi encaminhada para o Hospital Municipal e depois à delegacia.

A reportagem ligou para os Bombeiros de Niquelândia, que confirmaram a história e relataram que a ocorrência de violência doméstica foi atendida pelo Sargento Caiado e o Soldado Lucas Rocha.

Detalhes do pedido por pizza e a agressão

Ainda ao portal, o soldado Lucas Rocha informou que a mulher ligou na corporação e insistiu no pedido da pizza, o que fez com que os agentes percebessem a situação. Ainda segundo ele, a mulher demonstrava muito nervosismo no telefone.

“Prontamente, então, saímos a procura do endereço. Mas o suspeito tinha acabado de sair. Quando chegamos, ela ainda estava muito nervosa, chorando. Tinha uma filha pequena”, descreveu. “Chegamos a vasculhar a casa, mas não encontramos nada.”

A reportagem também entrou em contato na Delegacia de Niquelândia para mais informações. O responsável estava em diligência.

Fonte: Mais Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário