sexta-feira, 24 de setembro de 2021

Caiado anuncia Daniel Vilela pré-candidato a vice-governador nas eleições de 2022 e diz que aliança do DEM com MDB foi “o maior presente que eu poderia ganhar” no dia que antecede aniversário



Encontro reuniu líderes de partidos, prefeitos, deputados federais, estaduais, vereadores e militantes no Tatersal de Elite da Pecuária, em Goiânia. “Maguito Vilela deixou sucessor e vai continuar na política do Estado de Goiás com a dignidade que merece”, disse governador sobre o presidente estadual do MDB. “Nos enfrentamos em 2018, mas o adversário comum do povo goiano, naquela época, era a corrupção, os escândalos, o desvio do dinheiro público”, destaca. “Os homens de bem têm que estar juntos”, afirma Daniel Vilela

O governador Ronaldo Caiado anunciou o presidente estadual do MDB, Daniel Vilela, como pré-candidato a vice-governador em sua chapa nas eleições de 2022. A declaração foi feita, nesta sexta-feira (24/09), durante encontro do Movimento Democrático Brasileiro que oficializou a aliança com o DEM, no Tatersal de Elite do Parque de Exposições de Goiânia.

“Maguito Vilela deixou sucessor e vai continuar na política do Estado de Goiás com a dignidade que merece, com esse jovem que será vice-governador na eleição de 2022”, afirmou Caiado. Na véspera de seu aniversário, celebrado neste sábado (25/09), o governador comemorou a aliança. “O MDB me deu o maior presente que eu poderia ganhar nesse momento”, disse, em discurso.

Com o mote “Goiás vai avançar ainda mais” a parceria foi oficializada com o apoio de 27 dos 28 prefeitos do MDB do Estado. Também contou com o respaldo de 146 dos 160 diretórios e comissões provisórias do MDB. “É uma decisão com o apoio da maioria robusta, algo bastante sólido dentro do partido. Uma aliança que soma esforços junto ao governador Ronaldo Caiado para que possamos superar todos os desafios”, declarou Daniel Vilela.

O encontro promovido pelo MDB reuniu deputados federais, estaduais, prefeitos, lideranças políticas e filiados. “Nos enfrentamos em 2018, mas o adversário comum do povo goiano, naquela época, era a corrupção, os escândalos, o desvio do dinheiro público e uma gestão que ficou no poder por 20 anos”, destacou Caiado.          “Agora, estamos juntos pelo bem de Goiás”, pontuou.

A parceria, anunciada um ano antes do processo eleitoral, visa construir uma campanha pautada no “diálogo, no trabalho e no respeito ao povo goiano”, disse Caiado. “Os homens de bem têm que estar juntos”, afirmou Daniel Vilela ao defender a união. Sobre o anúncio da pré-candidatura a vice-governador, o presidente do MDB disse que se sente “muito à vontade”.

Otimista, Caiado destacou que o pacto entre os partidos mudará os rumos da história política em Goiás. “Nós estamos fazendo uma aliança baseada em princípios, conceitos e numa maneira de governar com responsabilidade e respeito aos 7,2 milhões de goianos”, declarou.

A presidente de honra das Organizações das Voluntárias de Goiás (OVG) e coordenadora do Gabinete de Políticas Sociais (GPS), primeira-dama Gracinha Caiado, disse que a união entre as siglas partidárias representa a continuidade de um trabalho que já vem sendo realizado pelo Executivo estadual em prol do povo goiano. “Hoje é um momento muito especial porque a política de Goiás toma um novo rumo”, declarou.

Num vídeo apresentado durante o evento, gravado durante as últimas eleições, o ex-governador Maguito, que faleceu em janeiro deste ano em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, disse que ao longo de sua trajetória política teve “divergências com Caiado, mas que o tempo mostrou que ele (Ronaldo) é um homem honesto e de palavra”.

A filha do ex-prefeito de Goiânia, Iris Rezende, Ana Paula Rezende, também participou do evento por meio de vídeo. Ela está em São Paulo com o pai, que se recupera de um Acidente Vascular Cerebral (AVC). “Quero deixar aqui o meu apoio e dizer que o senhor, governador, é um homem que tem honrado nosso Estado, honrado o nosso povo, por isso eu tenho certeza que o MDB fez a melhor escolha em caminhar ao seu lado”, celebrou.

Participaram do evento, comitivas de todas as regiões do Estado. Prefeitos do Norte, Nordeste, Centro, Sul e Sudeste celebraram a união. O presidente da Federação Goiana dos Municípios e chefe do executivo de Campos Verdes, Haroldo Naves, lembrou que a parceria começou a ser construída pelos prefeitos, que na gestão de Caiado, puderam presenciar ações que fortaleceram o municipalismo. “Nós levamos ao presidente do MDB o desejo de defender uma aliança com o DEM, com o partido do governador Ronaldo Caiado”, lembrou.

A iniciativa partiu do governador Ronaldo Caiado, que no último dia 20 de agosto, convidou o MDB para participar de sua chapa majoritária. A proposta de aliança ocorreu durante reunião com o presidente do partido em Goiás, Daniel Vilela, no diretório da sigla partidária. O prefeito de Valparaíso, Pábio Mossoró, também do MDB, defendeu a união. “Estou com o coração limpo e muita vontade de trabalhar porque conseguimos juntar as maiores lideranças de Goiás: Ronaldo Caiado e Daniel Vilela”, declarou.

Em nome das mulheres no executivo municipal, a prefeita de Jandaia, Milena Pereira Lopes, declarou apoio à chapa. “Contem com a força das mulheres. Vamos trabalhar com determinação para representar à altura esta aliança”, disse. A presidente do MDB Mulher, Cleuza Assunção, comparou a parceria entre os partidos com um casamento. “O noivo é um democrata que pegou o Estado na lama e deu a volta por cima”, afirmou ao se referir à gestão do governador Ronaldo Caiado.

Aliança

O anúncio da aliança contou com o apoio de representantes na Assembleia Legislativa e na Câmara dos Deputados, que referendaram a parceria entre as duas legendas. O deputado estadual, Francisco Oliveira, disse que Caiado pegou o Estado e colocou nos trilhos. “Agora estas duas pessoas (Daniel e Caiado) vão construir a história de Goiás”, pontuou. O colega Henrique Arantes afirmou que a data ficará marcada como uma grande aliança por Goiás. “É uma união para que o Estado continue a crescer, desenvolver com infraestrutura e programas sociais”, destacou.

Cairo Salim frisou o casamento das duas maiores forças políticas de Goiás. “Parabéns aos dois porque sentaram e decidiram juntos caminhar para que o Estado cresça, se modernize e seja devolvido aos goianos”, sublinhou. Líder do governo na Assembleia, o deputado estadual Bruno Peixoto caracterizou o evento como um marco histórico que teve início em 2014. “Lá iniciamos essa união. Nós pedimos votos para Caiado. Em 2018, Daniel Vilela, para não deixar o partido cair, colocou o nome à disposição. E hoje, estamos realizando um sonho para o povo goiano. Não é mais MDB ou Democratas, somos um só partido, um só coração. Essa é nossa união”, asseverou.

Em seu discurso, o deputado estadual, Humberto Aidar, primeiro lembrou do ex-governador Maguito Vilela, ao afirmar que ele fazia falta no encontro e que deixava saudades ao povo goiano. “Uma das últimas vezes que falei com Maguito ele disse: Humberto diz para o Caiado para caminharmos juntos na prefeitura (de Goiânia). Mas agora deu certo com o filho”, lembrou.

O deputado federal delegado Waldir Soares destacou a importância da união para o desenvolvimento do Estado. “Esse grupo unido mostra a força de Caiado e Daniel juntos, mostra que vocês vão continuar transformando e mudando Goiás”. O colega de congresso, Adriano do Baldy, afirmou que tem certeza que Caiado e Daniel Vilela irão trabalhar unidos “em nome de um projeto, um ideal, buscando o rumo do progresso e do desenvolvimento”. Célio Silveira afirmou que a Família MDB e DEM será de grande sucesso e testemunhou que já teve vários acordos com Daniel Vilela e que nunca teve decepção. “Essa aliança vai trazer bons frutos. Estamos juntos pelo bem do povo e do Estado”, concluiu.

Também estiveram presentes no encontro o presidente metropolitano do MDB, Carlos Júnior; os deputados federais Francisco Júnior, Zacharias Calil; os ex-deputados Pedro Chaves, Leandro Vilela, Lyvio Luciano e Euler Morais.

Secretaria de Comunicação - Governo de Goiás

Nenhum comentário:

Postar um comentário