sexta-feira, 5 de novembro de 2021

O músico e compositor Charles Valente está com turnê agendada para nordeste goiano



Grande nome da música popular goiana, o músico Charles Valente está com agenda fechada para a região nordeste do estado à partir do dia 20 de novembro, onde levará para várias cidades o projeto “Cultura na Feira”.

Serão 10 shows pela região, que prometem contar toda trajetória do artista que apesar de estudar música em Brasília e construir carreira nos grandes centros do país sempre foi apaixonado pela região da qual é natural e escolheu para viver. Como ele costuma pregar, “Não troco meu Paranã pelo Mississipi de ninguém”.

Inspirado no mote do grande dramaturgo paraibano Ariano Suassuna, de quem é fã inconteste que dizia: “Não troco meu oxente pelo okay de ninguém.” Isso bastou para o Cantador aflorar seu bairrismo patriótico pelo vale do Paranã de onde saiu uma canção. Carcará do Paranã.

Charles Valente que já cantou e encantou governadores goianos e até o Jornalista José Roberto Marinho (filho do fundador do grupo Globo), se diz emocionado com o novo projeto e confessa que encara tudo com o mesmo nervosismo de um iniciante. Num evento em Alto Paraíso ele fez dupla com o governador Ronaldo Caiado, que não se conteve ao encher de elogios o artista da região nordeste.

Estão na lista de shows 10 cidades. O primeiro irá acontecer em Guarani de Goiás, cidade que inspirou esse projeto e que ele resolveu fazer essa homenagem a cidade e ao amigo Toquinho Moreira, do turismo, que orgulhoso declarou “Charles é o grande embaixador da nossa região, ele carrega o nordeste goiano no peito e o distribui por onde passa”.

Em Posse, na casa do cantor a apresentação será no dia 29 de janeiro, vai marcar a retomada dos eventos no município. Mas toda região poderá acompanhar as apresentações. O artista do povo percorrerá ainda as cidades de Formosa, Mambaí, Simolândia, Alvorada, Alto Paraíso, Cavalcante, São João da Aliança e São Domingos. Confira a data nas redes social do artista ou no calendário de eventos dos municípios citados.

Para que aconteça um evento dessa magnitude precisa de apoio e patrocínio.  Numa rádio local Valente declarou “estou orgulhoso por associar meu nome ao legado de empreendedorismo dos empresários Alair Martins e Jucelino Martins do Sistema Martins, também sou grato à Ludmila França do IAMAR por acreditar em minha arte e apoiar este projeto elaborado com muito carinho e amor”, conclui. 

O músico recebeu apoio da Lei Rouanet de Incentivo à Cultura, sendo este o primeiro projeto aprovado para o nordeste goiano o que fortalece e abre postas para novos projetos. Charles Valente ressalta, “apoiar o trabalho de um artista ficou mais fácil. Seguir nas redes sociais, comentar, curtir e incentivar também é uma forma de patrocínio. Não custa nada e faz uma diferença enorme para aqueles que trabalham para divulgar nossa região, nosso turismo e condições melhores de vida para nossa gente.



Nenhum comentário:

Postar um comentário